O Benfica recebe o FC Porto este sábado, em jogo da 3.ª jornada da I Liga 2019/2020. Para Sérgio Conceição, este será o sexto encontro com os 'encarnados', desde que assumiu o banco do FC Porto. O técnico venceu duas, perdeu outras tantas e soma um empate nas anteriores cinco partidas, pelo que o jogo deste sábado pode servir para desempatar, entre vitórias e derrotas, ou então empatar, se... empatar. Passaria a ter duas derrotas, duas vitórias e dois empates.

Foi a 08 de junho de 20178 que o FC Porto oficializou a contratação do técnico Sérgio Conceição, depois de uma boa época do português no Nantes. O técnico devolveu a mística aos azuis-e-brancos e conquistou o campeonato na sua primeira época, impedindo o Benfica de chegar ao penta. Se, com o Sporting, Conceição tem disputado as Taças (de Portugal e Taça da Liga), com os 'encarnados'  principal luta tem sido pelo título de campeão de Portugal.

O encontro de 'batismo' nos clássicos com o eterno rival de Lisboa aconteceu na 13.ª jornada da Primeira Liga 2017/2018. No Dragão, o ligeiro ascendente do FC Porto não foi traduzido em golos, pelo que o encontro terminaria empatado a zero bolas frente ao Benfica de Rui Vitória.

A primeira vitória chegaria na segunda volta e logo em casa do rival, num jogo que atirou os 'dragões' para o título. Depois de uma luta taco-a-taco com o Sporting durante a maior parte da época, os 'leões' acabaram por ceder e serem ultrapassados pelo Benfica, que passou a ser o principal adversário na luta pelo título de campeão da Primeira Liga.

O FC Porto ia liderando com algum conforto (cinco pontos de vantagem) mas duas derrotas em duas saídas seguidas (1-0 com o Paços de Ferreira de João Henriques e 2-0 com o Belenenses SAD de Silas) colocaram o Benfica na liderança, antes de receber os 'dragões',  com um ponto de vantagem. Na Luz, um pontapé de fora da área de Herrera aos 90 minutos deu os três pontos aos 'dragões' e o reassumir da liderança até a festa final.

Mas na época seguinte tudo mudou. Antes de Rui Vitória ser despedido, o técnico começou por vencer o FC Porto por 1-0 à 7.ª jornada, golo de Seferovic. Era o primeiro triunfo frente ao FC Porto, o clube que nunca tinha ganho enquanto treinador do Benfica. Conceição ficava assim empatado nos duelos com o rival 'encarnado'.

O desempate chegaria nas meias-finais da Taça da Liga, no primeiro jogo de Bruno Lage frente ao FC Porto. O técnico 'encarnado' estava a causar grande impacto na equipa mas viria a perder por 3-1, falhando assim o acesso à final da prova. Nesse jogo,a 22 de janeiro de 2019, o FC Porto começou por colocar-se na frente, graças a um golo de Yacine Brahimi aos 24 minutos. Rafa Silva empataria sete minutos depois mas, aos 34, Marega fazia o 2-1, resultado com que se chegou ao intervalo.

Este foi um jogo com muita polémica e muitas críticas do Benfica à arbitragem de Fábio Veríssimo, depois de um golo mal anulado a Pizzi num lance de contras-ataque (fora-de-jogo mal assinalado pelo árbitro auxiliar). Os 'dragões' confirmariam a vitória com um tento de Fernando Andrade, em contra-ataque, aos 86 minutos, marcando assim a presença na final frente ao Sporting, que viriam a perder nas grandes penalidades.

Se no seu primeiro ano, Conceição tinha ido a Luz resgatar o título no pontapé de Herrera, Bruno Lage retribuiu a 'gentileza' ao vencer no Dragão no jogo que atirou o Benfica para a liderança da Liga e vitória final na prova em 2018/2019. Foi um Benfica maduro, astuto, sem medos, aquele que venceu por 2-1, com golos de João Félix e Rafa, depois de Adrián López ter dado vantagem aos azuis-e-brancos. Conceição passava a estar empatado entre vitórias e derrotas como treinador do FC Porto mas, pior do que isso, via o rival passar para a frente do campeonato, numa prova onde chegou a ter sete pontos de vantagem sobre o Benfica.

Este sábado, Sérgio Conceição tem a oportunidade de desempatar nos duelos com os 'encarnados' como técnico do FC Porto...para os dois lados: se ganhar, passa a ter três vitórias e dois empates, se perder, fica com o balanço negativo de três derrotas e duas vitórias. Mas se empatar, empata tudo: duas vitórias, duas derrotas e dois empates em seis partidas. Um clássico para o técnico do FC Porto empatar ou...desempatar.

O Benfica-FC Porto, da 3.ª jornada da I Liga, está marcado para às 19h00 deste sábado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.