O Benfica ascendeu hoje, provisoriamente, à liderança da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Rio Ave por 5-1, em encontro da 21.ª jornada, que esteve a perder até ao intervalo.

Os ‘encarnados’ saíram no primeiro tempo com uma desvantagem de 1-0, com golo de Guedes, aos nove minutos, mas Jardel, aos 48 minutos, Pizzi, aos 63, Jonas - que chegou ao 25.º golo no campeonato -, aos 71, Rúben Dias, aos 83, e Raúl Jiménez, aos 86, construíram uma goleada e a vitória do Benfica.

No final do jogo, Franco Cervi frisou a justiça do resultado diante do Rio Ave e assumiu que o golo de Jardel deu ainda mais força à equipa para dar a volta ao resultado depois das ocasiões falhadas antes do intervalo.

"Foi um jogo que acabámos por merecer vencer. Eles fizeram um golo de bola parada, terminámos a primeira parte quase a marcar e fizemo-lo no início da segunda parte. Isso deu-nos força para continuar. O resultado final foi merecido", começou por dizer Cervi em declarações à Sport TV.

Ao intervalo o Benfica estava a perder por 1-0. Questionado sobre qual a mensagem de Rui Vitória no balneário antes do início da segunda parte, o extremo argentino foi contido.

"A mensagem é sempre a mesma. Estarmos unidos e irmos em busca da vitória. Era muito importante para nós vencer este jogo", comentou Cervi.

"Temos de estar todos unidos. Temos um grande grupo e estou contente com esta vitória", sentenciou o jogador argentino sobre a importância dos adeptos no Estádio da Luz.

A formação comandada por Rui Vitória passou a somar 50 pontos, os mesmos do Sporting, mas melhor diferença de golos do que os ‘leões’, que jogam domingo no Estoril, e mais um do que o FC Porto, anfitrião ainda hoje do Sporting de Braga.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.