O guarda-redes espanhol Iker Casillas teve hoje alta hospitalar, seis dias depois de ter sofrido um enfarte do miocárdio durante um treino da equipa de futebol do FC Porto.

"É difícil falar...tive muita sorte. Obrigado as pessoas que ficaram preocupadas comigo. Emociono-me ver tanta gente, quero agradecer ao hospital, ao Dr. Nélson, a toda gente que me ajudou depois do enfarte.", começou por dizer.

Bastante emocionado, o guardião espanhol agradeceu o carinho das pessoas: "Obrigado pela demonstração de carinho das redes sociais. Encontro-me muito melhor, é importante estar aqui. Tinha que esperar que as coisas assentassem. Sinto-me um pouco emocionado, mas estou bem. Obrigado a todos, à família e às pessoas que me enviaram muitas mensagens", atirou o guardião, antes de finalizar.

"Não sei o que será o futuro. E é bom falar tranquilamente. Muito obrigado, obrigado pela espera e ve-mo-nos rapidamente", sentenciou.

Iker Casillas esteve internado no Hospital CUF Porto, para onde foi conduzido na quarta-feira, após lhe ter sido diagnosticado o problema cardíaco, ainda no Centro de Estágios PortoGaia, no Olival.

FC Porto: Casillas internado de urgência após sofrer um enfarte do miocárdio. Guarda-redes está estável
FC Porto: Casillas internado de urgência após sofrer um enfarte do miocárdio. Guarda-redes está estável
Ver artigo

A situação guarda-redes espanhol gerou uma onda de solidariedade em Portugal, com os rivais unidos em torno da situação clínica do jogador. Também lá fora a situação foi acompanhada com muita preocupação, principalmente em Espanha. Os jogadores do Real Madrid entraram em campo com uma camisola de apoio ao antigo capitão dos merengues

O guarda-redes de 37 anos, vai na sua quarta época no FC Porrto, depois de uma vida ligada ao Real Madrid onde esteve 16 anos na equipa principal dos merengues, ele que leva 25 anos de casa nos 'merengues'.

Há pouco mais de um mês, Iker Casillas, que faz 38 anos este mês, renovou com o contrato com o FC Porto, ao qual chegou em 2015/16, depois de ter feito toda a carreira no Real Madrid, tendo na última temporada ajudado os ‘dragões’ a alcançarem o título nacional.

Numa carreira que já dura duas décadas, o guardião conquistou um Campeonato do Mundo e dois Europeus com a seleção espanhola e, ao serviço do Real Madrid, foi cinco vezes campeão de Espanha e levantou três vezes o troféu da Liga dos Campeões.

No seu currículo, Casillas tem ainda um Campeonato do Mundo de clubes e duas Supertaças europeias, além de duas Taça do Rei de Espanha.

Com 167 internacionalizações por Espanha, o guarda-redes entra na lista dos jogadores de sempre que mais vezes representaram a sua seleção.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.