O treinador do Rio Ave disse hoje esperar corrigir na visita ao Belenenses SAD, no sábado, na sexta jornada da I Liga de futebol, "a gula" demonstrada na jornada passada, frente ao Tondela.

Os vila-condenses sofreram na jornada passada uma pesada derrota caseira frente ao Tondela (4-2), interrompendo um percurso ascendente que vinham a protagonizar e que Carlos Carvalhal pretende retomar já nesta partida.

“Nesse último jogo, respeitámos o adversário, mas entrámos com gula, por jogar em casa e pela possibilidade de nos aproximarmos do terceiro lugar, e acabámos por sofrer dois golos num ápice. Faz parte do processo de aprendizagem da equipa. Temos de corrigir e evoluir e acredito que dificilmente vamos repetir esses erros”, analisou o treinador.

Instando a comentar a mudança no comando técnico do Belenenses SAD, com a saída de Silas, já na jornada anterior [vitória no terreno do Marítimo, por 3-1], e a entrada de Pedro Ribeiro, Carlos Carvalhal considerou que o “efeito da chicotada psicológica se sentiu no imediato”.

“Só com o tempo chegará a maturação dos processos do treinador, o que é normal. Mas tiveram uma boa reação no nesse último jogo, com uma mudança de sistema, mostrando serem mais fortes nas transições. São dois treinadores diferente, e, neste momento, era uma injustiça para ambos dizer se a equipa está melhor ou pior. Só o futuro o dirá”, analisou o técnico do Rio Ave.

Sobre a sua equipa, e a lesão do avançado iraniano Mehdi Taremi, que foi a figura nos primeiros jogos da temporada, Carlos Carvalhal partilhou que o atacante ainda não estará disponível para este desafio, reconhecendo que é uma ausência de peso.

“Estamos a recuperá-lo com cuidado. Não estará neste jogo e ainda não sabemos se estará nos dois compromissos da próxima semana. É um jogador importante, com ele jogamos de uma forma diferente. O que nos compete é encontrar soluções para fazer golos. Mesmo não sem tanta eficácia, creio que temos mostrado dinâmica ofensiva”, analisou.

O treinador, que este sábado vai cumprir o seu jogo número 150 no comando de uma equipa na I Liga, convocou todos os jogadores disponíveis, mas além de Taremi sabe que não pode contar com os também lesionados Nadjck e Joca, embora tendo Borevkovic, regressado de castigo, no lote das opções.

O Rio Ave, oitavo classificado com sete pontos, defronta o Belenenses SAD, 12.º com cinco, no sábado, a partir das 18:00, no Estádio Nacional, em Oeiras.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.