Carlos Pereira pronunciou-se esta segunda-feira sobre as declarações de Petit após o jogo entre Marítimo e Feirense que terminou com o triunfo do conjunto madeirense por 2-0.

No final do jogo, o técnico do Marítimo assumiu que deu indicações aos jogadores para que 'limpassem' os cartões amarelos antes do jogo com o Benfica.

"O problema do futebol português é não se poder ser verdadeiro e diferente dos outros. A gestão do plantel deve ser feita pelo chefe de equipa que é o Petit, que procura geri-lo da melhor forma e tem de o fazer da forma que lhe pode garantir mais pontos. Mas é bom que se veja a substituição do Edgar Costa, pela forma tão maltratada como ele saiu e a agressividade naquele lance e no jogo", começou por dizer Carlos Pereira, em declarações publicadas pelo jornal Record.

"A verdade às vezes é dura. E tambem é cruel para quem é verdadeiro. As pessoas podem interpretar da forma que quiserem, mas a nós compete-nos gerir, pois na hora da aflição ninguém nos deita a mão", acrescentou o líder do Marítimo.

"O número de horas de programas de comentários de futebol obriga sempre a arranjar assunto. E não me digam que o Zainadine fez um penálti para levar um amarelo...", sentenciou Carlos Pereira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.