Bruno Lage, treinador do Benfica, fez esta sexta-feira a antevisão ao encontro com o Belenenses SAD, a contar para a segunda jornada da I Liga.

O técnico dos encarnados falou sobre a possibilidade de a sua equipa alcançar os 100 golos sob o seu comando técnico, e garantiu que esse não é o objetivo para o encontro deste sábado Estádio do Jamor.

Jogos e calendário

"A nossa postura tem sido sempre essa: sair de um jogo e entrar apenas no jogo seguinte. Eu não tenho memória de nenhum treinador ter dito que não está a pensar no próximo jogo mas no seguinte. Estamos a pensar muito no Belenenses SAD."

Renovações e Tomás Tavares no primeiro plantel

"O Tomás era mais um jovem que conhecíamos. Apesar de não jogar na equipa B, treinava connosco várias vezes. Em virtude do que é a situação em termos de laterais direitos fazia sentido dar-lhe oportunidade. Após o Europeu foi dar-lhe um curto período de férias e integrá-lo. Renovações? É uma enorme satisfação ver o reconhecimento do trabalho, de um coletivo e do trabalho de cada um deles. Só posso ficar satisfeito por eles."

O que fala às equipas portuguesas na Europa

"Eu acho que não falta nada porque se faltasse alguma coisa não tínhamos tantos e tão bons treinadores a treinar na Europa. Se formos mais competitivos vamos crescer e evoluir."

A cinco golos de chegar aos 100

"Não é objetivo para o jogo com o Belenenses. Se marcassemos mais contra o Santa Clara íamos tirar o recorde a uma equipa que foi bi-campeã na Europa... De alguma forma até se fez justiça. Queria concluir também o que disse quando fomos eliminados pelo Sporting na Taça: treinador de equipa grande não deve perder muito tempo com o que perde mas com o que vai ganhar, mas o que já conquistou também não deve ocupar muito tempo. Eu olho é para depois desta semana de trabalho fazer evoluir a equipa e vencer o próximo jogo. 99% da minha atenção é para saber como vencer o próximo jogo."

Níveis exibicionais em relação ao ano passado

"É uma pergunta dos tempos modernos. Quer que faça uma análise a dois jogos contra 20 e tal de outra época. Não consigo fazer isso. Temos de fazer uma análise com uma base mais sólida. O nosso trabalho é sempre o mesmo: olhar para o jogo e fazê-lo evoluir. O grande objetivo é dar condição aos jogadores para que possam competir ao mais alto nível e aproximar a equipa do nível do ano passado. Temos ainda um longo caminho a percorrer, mas estamos muito satisfeitos com a resposta dos jogadores."

Conti

"Não está no mercado está apenas lesionados. Foram dar uma medalha de prata a um miúdo com enorme valor e que passa por um momento difícil porque se voltou a lesionar."

Aposta em Samaris tendo em vista os jogos com o FC Porto e SC Braga

"Eu funciono jogo a jogo e o problema que o jogo me vai dar. Para mudar alguma coisa eu conto com o Adel. Todos os jogos têm os seus problemas e oportunidades que devemos ou não explorar. É a partir daí que tomo as minhas decisões."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.