Depois de fechar os 'dossiers' de jogadores que já se haviam estreado na equipa principal na última época, o Benfica prepara-se agora para blindar outras jovens promessas. De acordo com o jornal Record, Tiago Dantas e Nuno Tavares, que tiveram oportunidade de defrontar o Anderlecht no jogo de apresentação aos sócios, na quarta-feira, estão prestes a ver os respetivos contratos renovados.

No caso de Tiago Dantas, de apenas 18 anos, a intenção da SAD 'encarnada' passa mesmo por aumentar a cláusula de rescisão para 120 milhões de euros, o mesmo valor que protegia João Félix e que foi fixado nos novos contratos de Gedson e Florentino.

O criativo renovou contrato com as 'águias' até 2023 no passado mês de janeiro, tendo na altura ficado blindado com uma cláusula de 45 milhões de euros. A mesma publicação adianta que mesmo que o período de contrato não seja prolongado, o ordenado do jogador será revisto assim como a cláusula que o protege, uma vez que o jovem é aposta de Bruno Lage para a nova época.

Nuno Tavares encontra-se também em adiantadas negociações para ver o seu contrato renovado. O lateral esquerdo, que será alternativa a Grimaldo, prolongou o vínculo com os 'encarnados' até 2023 há pouco mais de um ano e verá também a cláusula de rescisão disparar, sendo que estes moldes ainda não estão totalmente definidos, diz o jornal Record.

A SAD 'encarnada' também estará a negociar a renovação com Pedro Álvaro, defesa central de 19 anos, que deverá ver a cláusula de rescisão subir para os 60 milhões de euros. A jovem promessa do Seixal também teve oportunidade de se estrear frente ao Anderlecht, entrando para o lugar de Rúben Dias, já na reta final da partida.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.