O Benfica precisa de vencer hoje na receção ao Marítimo, no fecho da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, para recuperar a liderança da prova, perdida, provisoriamente, para o FC Porto.

Os ‘dragões’ venceram no sábado por 1-0 na receção ao Santa Clara e somam mais três pontos (75 contra 72) do que os ‘encarnados’, que, derrotando os insulares, voltam ao comando, conquistado à 24.ª ronda, com um triunfo em pleno Dragão por 2-1.

Depois desse encontro, o Benfica perdeu, logo a seguir, dois pontos, na receção ao Belenenses (‘ofereceu’ dois golos depois de estar a vencer por 2-0), mas já vai, entretanto, em quatro triunfos consecutivos, três dos quais com quatro golos marcados.

O empate com os ‘azuis’ do Jamor é aliás o resultado que separa o Benfica da perfeição na ‘era’ Bruno Lage, no que respeita ao campeonato: 13 vitórias em 14 jogos, com 50-11 em golos.

Os ‘encarnados’, que em casa somam 11 vitórias, dois empates e uma derrota, defrontam uma equipa que ainda não garantiu a manutenção, mas está bem colocada para o conseguir, já que segue no 12.º lugar, com 33 pontos, cinco acima da ‘linha de água’.

Em reduto alheio, o Marítimo contabiliza quatro vitórias, um empate e 10 derrotas, sendo que perdeu os derradeiros três encontros fora do Funchal: 0-1 com o Vitória de Guimarães, 0-3 com o FC Porto e 0-1 com o Vitória de Setúbal.

Para o embate do Estádio da Luz, o Benfica não tem o ‘velocista’ Rafa, que está castigado, tal como, no Marítimo, Zainadine, Edgar Costa e Joel, que viram amarelos na última ronda, os dois últimos de forma intencional, conforme confirmou o treinador Petit.

Depois da receção aos insulares, os ‘encarnados’ deslocam-se a Braga, recebem o Portimonense, atuam no reduto do Rio Ave e fecham em casa, perante o Santa Clara.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.