O guarda-redes italiano Mattia Perin está de volta à agenda do Benfica, segundo avança esta terça-feira o jornal A Bola, que escreve que a transferência que não se concretizou no passado mercado de Verão devido aos problemas físicos que na altura afetavam o guardião poderá concretizar-se já em Janeiro.

Perin, que em Julho chegou mesmo a aterrar em Lisboa para assinar contrato, regressando depois a Itália, voltou entretanto aos treinos no seu atual clube, a Juventus, embora não conte ainda com qualquer minuto jogado esta temporada. Aquando do falhanço da conclusão imediata do negócio, o Benfica explicou, em comunicado, que "na sequência da realização de exames médicos, o departamento médico do clube concluiu que o guarda-redes Mattia Perin terá um período de recuperação superior ao previsto."

O negócio envolvia, na altura, o pagamento de 15 milhões de euros por parte dos "encarnados" e, segundo A Bola, Benfica e Juventus mantiveram-se em contacto em relação ao negócio, que se irá agora concretizar na reabertura do mercado, mediante aprovação por parte da equipa clínica das "águias".

Um negócio que interessará às a todas as partes, uma vez que Bruno Lage já fez saber em diversas ocasiões que pretende encontrar um concorrente à altura para o habitual dono da sua baliza, Vlachodimos, e Perin tem o caminho para a titularidade tapado na Juventus, onde é apenas a quarta opção, atrás do guardião titular Szczęsny, do veterano Gianluigi Buffon e  de Carlo Pinsoglio.

Entretanto, já esta manhã o Benfica veio, em comunicado publicado no seu site oficial, desmentir a notícia, classificando-a como "totalmente falsa" e frisando que "esse processo está completamente encerrado e o Sport Lisboa e Benfica não está interessado na contratação do referido jogador".

*Notícia atualizada às 12h10

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.