Os encarnados emitiram esta segunda-feira um comunicado a negar "qualquer processo negocial" pelo avançado de 19 anos, no dia em que a imprensa espanhola dava como certa a transferência de João Félix para o Atlético de Madrid.

O Benfica desmente ainda as informações avançados pelo programa espanhol 'Chiringuito de Jugones' e divulgadas pelo jornal desportivo 'A Bola', que davam conta de que o empresário Jorge Mendes ficaria com 30% da receita de uma eventual venda de João Félix aos colchoneros.

Leia o comunicado do Benfica na íntegra:

"Face ao conjunto de notícias publicadas nestas últimas horas, o Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD esclarece que é falso que esteja neste momento em curso qualquer processo negocial a propósito de uma eventual transferência do jogador João Félix.

As condições para a sua negociação são públicas e de todos conhecidas, tendo em conta a cláusula de rescisão definida no valor de 120 milhões de euros.

Mais grave, e que merece o nosso mais veemente repúdio e desmentido, é a falsa notícia que faz referência a negociações que envolvem comissões de 30% e que, infelizmente, mereceu eco em Portugal por parte do jornal 'A Bola', com intenções e objetivos que desconhecemos de todo. Repetimos: essa informação é totalmente falsa, absurda e tem intenções claramente dolosas para a reputação e dignidade do Sport Lisboa e Benfica."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.