O valor de mercado de João Félix subiu 36,7 milhões de euros desde janeiro, revela um estudo da KPMG Football Benchmark divulgado esta segunda-feira.

O avançado português formado no Seixal estreou-se a marcar na equipa principal do Benfica no dérbi com o Sporting em Agosto, mas só a partir de janeiro é que a sua cotação começou a subir com a chegada de Bruno Lage ao comando técnico dos 'encarnados'.

De acordo com os valores divulgados pela KPMG Football Benchmark, João Félix surge entre os 10 jogadores que mais se valorizaram desde o início de 2019 com uma subida de 36,7 milhões de euros em relação ao seu valor no mercado que agora se situa nos 45,3 milhões de euros. O jovem avançado de 19 anos ocupa a 5.ª posição dos jogadores que mais se valorizaram à frente de futebolistas como Rodrygo, do Real Madrid, Virgil van Dijk, do Liverpool, ou Matthijs de Ligt, do Ajax.

No topo desta lista elaborada pela KPMG Football Benchmark está o extremo direito do Borussia Dortmund Jadon Sancho. O jogador inglês de 19 anos do Borussia Dortmund tem agora um valor no mercado de 95,7 milhões de euros depois de uma subida de 49,6 milhões de euros ao longo da última temporada.

Em segundo lugar nesta lista surge o internacional sérvio Luka Jovic. O avançado contratado pelo Real Madrid teve uma valorização na ordem dos 45,1 milhões de euros e apresenta agora um valor de mercado de 66,4 milhões de euros.

Já em relação aos jogadores com valor mais alto de mercado, o estudo da KPMG Football Benchmark coloca o internacional francês Kylian Mbappé no topo da lista com um valor de 225 milhões de euros. Em segundo lugar está o internacional brasileiro Neymar, com um valor de mercado de 195 milhões de euros, seguido de Lionel Messi, com um valor de 190 milhões de euros. Já Cristiano Ronaldo ficou de fora do top ten deste estudo com um valor de mercado na ordem de 90,7 milhões de euros.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.