O Benfica ainda não perdeu a esperança de contratar Keylor Navas para a baliza. O negócio, diz o jornal O JOGO, poderá seguir os moldes daquele que levou Iker Casillas para o Dragão em 2015.

De acordo com a publicação, o guarda-redes e o Real Madrid podem acordar a rescisão de contrato, com os 'encarnados' a completarem o pagamento para que o costa-riquenho encaixe os 10 milhões de euros que teria a receber caso cumprisse os dois anos de contrato que ainda tem com os 'merengues'.

Desta forma, o Real Madrid assumiria as despesas de pouco mais de metade deste valor, entrando depois o Benfica em cena com o pagamento do restante montante. Isto garantia que Navas ficasse na Luz durante essas duas temporadas, podendo até ficar mais uma, com um salário de 2,5 milhões de euros líquidos, em vez dos cinco iniciais, por ser diluído num significativo prémio de assinatura.

Contas feitas, o Benfica poderá desembolsar qualquer coisa como 20 milhões de euros por três anos de contrato com Navas, mas as 'águias' têm noção que este será um processo moroso e que se arrastará até ao final do mercado - em Portugal a janela de transferências encerra a 2 de setembro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.