O Benfica goleou o Desportivo de Chaves esta segunda-feira por 4-0 e fechou a 23ª jornada a um ponto do primeiro lugar na véspera da deslocação ao Estádio do Dragão para defrontar o líder FC Porto. Rafa Silva, João Félix, Seferovic e Jonas marcaram os golos num jogo em que o Desportivo de Chaves até começou melhor.

No regresso ao Estádio da Luz após garantir o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, o Benfica de Bruno Lage apresentou-se diante do Desportivo de Chaves com quatro alterações no 'onze' em relação à equipa que empatou com o Galatasary a 0-0. No lado direito da defesa, o técnico do Benfica promoveu a titularidade de Corchia e 'adaptou' Samaris a central ao lado de Rúben Dias. No lado esquerdo, Grimaldo foi titular enquanto que no meio-campo Florentino e Gabriel jogaram de início. Na frente de ataque, Seferovic e João Félix foram as referências de Pizzi e Rafa Silva.

Já no Desportivo de Chaves, Tiago Fernandes apostou em Platiny no ataque perante a lesão de William. A jogar em 4x2x3x1, a formação flaviense apresentou-se na Luz com Jefferson, que regressou depois de cumprir castigo na última jornada, e Luther Signh, que recuperou a tempo de ser titular.

A jogar com um bloco baixo na Luz, o Desportivo de Chaves procurou as transições rápidas para criar perigo e criou o primeiro lance de golo logo aos 6' minutos com Vlachodimos a negar o golo a Luther. O extremo sul-africano surgiu na área do Benfica e cabeceou com perigo para intervenção do guardião grego. O Benfica reagiu na jogada seguinte por intermédio de Rafa, mas o cabeceamento do extremo português foi travado por António Filipe.

O Benfica sentia dificuldades para ultrapassar a 'muralha' flaviense nos primeiros 15 minutos, e a estratégia de Tiago Fernandes parecia estar a 'vingar' na Luz com Rúben Macedo a surgir isolado na área dos 'encarnados' e a rematar com uma enorme defesa de Valchodimos.

Aos 19' minutos, o Benfica acabou por abrir o marcador numa jogada totalmente construída por João Félix. Pizzi cruzou para a área onde surgiu o jovem avançado português a dominar o esférico quando a jogada parecia perdida. João Félix tentou o cruzamento para o centro, mas a bola acabou por sofrer um desvio e sobrar para Rafa Silva, que só teve de encostar para o fundo da baliza de António Filipe.

Aberto o marcador, o Desportivo de Chaves sentiu muitas dificuldades para travar uma equipa do Benfica muito motivada com o golo inaugural. Com Gabriel e Florentino em grande plano no meio-campo, Jefferson e Costinha sentiram muitas dificuldades em encontrar caminhos para chegar à baliza de Vlachodimos.

A vencer por 1-0, o Benfica assumiu definitivamente as 'despesas do jogo' e dominou por completo um Desportivo de Chaves remetido à sua área defensiva. Aos 28' minutos, Rafa Silva desperdiçou uma ocasião soberana para ampliar a vantagem e seria João Félix a fazer o 2-0 aos 37' minutos após passe de Seferovic. O avançado suíço descobriu João Félix no lado direito e depois de uma primeira defesa de António Filipe, o jovem avançado português 'fuzilou' o guardião flaviense para o 2-0.

Antes do intervalo, Seferovic ampliou o marcador depois de uma boa combinação entre João Félix e Gabriel. O médio brasileiro conseguiu isolar o avançado helvético, que mesmo pressionado por Campi, rematou 'pelo buraco da agulha' para o 3-0.

No segundo tempo, as equipas regressaram dos balneários sem alterações e manteve-se o domínio do Benfica. Aos 49' minutos, João Félix desperdiçou um grande passe de Corchia e rematou por cima da baliza do Desportivo de Chaves quando na Luz já se gritava golo.

Aos 53' minutos, o Benfica voltou a estar perto do golo por intermédio de Pizzi. O capitão dos 'encarnados' surgiu isolado na área do Desportivo de Chaves após um grande passe de Gabriel, mas António Filipe com uma enorme defesa voltou a negar o golo ao Benfica.

Sempre com o 'pé no acelerador', a equipa de Bruno Lage não baixou de intensidade mesmo a vencer por 3-0, e aos 69' minutos António Filipe voltou a negar mais um golo ao Benfica após um remate em arco de Grimaldo. Pizzi ainda tentou o cruzamento para João Félix, mas Maras, atento, cortou o lance.

Com o Desportivo de Chaves sem ideias para contrariar o forte domínio encarnado, o Benfica voltou a estar perto do golo aos 79' minutos com um remate de Pizzi para uma enorme defesa de António Filipe.

Até ao final, Bruno Lage ainda promoveu a estreia de Jota na equipa principal do Benfica e mesmo em cima do minuto 90' Jonas fixou o resultado final em 4-0.

Com este resultado, o Benfica visita o FC Porto na próxima jornada a um ponto da liderança.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.