António Miguel Cardoso vai candidatar-se à presidência do Vitória de Guimarães, emblema da I Liga portuguesa de futebol, nas eleições marcadas para 20 de julho, confirmou hoje à Lusa fonte ligada à equipa.

Membro dos órgãos sociais do Vitória aquando da presidência de Vítor Magalhães, entre 2004 e 2007, o empresário, de 42 anos, vai encabeçar uma das três candidaturas ao próximo ato eleitoral - Daniel Rodrigues e Miguel Pinto Lisboa também almejam a presidência.

A sua lista, intitulada ‘Por ti, Vitória', conta com André Pereira, Armando Jorge Guimarães, José Eduardo Viamonte e Nuno Leite para a vice-presidência da direção, Belmiro Pinto dos Santos, para a presidência da Mesa da Assembleia Geral, Ricardo Almeida, para o Conselho Fiscal, e João Henrique Faria, para o Conselho de Jurisdição.

António Miguel Cardoso vai formalizar a candidatura às 18:00 de quarta-feira, precisamente o horário limite para a entrega das listas - têm de ter, no mínimo, 300 assinaturas de sócios efetivos.

É a segunda vez na história do clube que vai haver mais de duas listas numa corrida eleitoral, depois de, em 2007, Emílio Macedo da Silva ter superado, nas urnas, Manuel Rodrigues e André Pereira, precisamente um dos candidatos a vice-presidente de António Miguel Cardoso.

O Vitória de Guimarães vai ter eleições, após a direção liderada por Júlio Mendes, presidente do clube desde 2012, ter anunciado a demissão no passado dia 27 de maio.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.