A 20.ª vitória nos últimos 21 jogos do FC Porto chegou pelos pés do aniversariante do dia. Tiquinho Soares fez anos mas deu a prenda aos 'dragões', ao brilhar ao mais alto nível com o primeiro hat-trick com a camisola azul-e-branca. A equipa de Conceição fez uma exibição sólida em Chaves e entra na segunda metade da Primeira Liga tal como começou a prova: a golear.

O Jogo: Triunfo tranquilo na noite de Soares

Desta vez foi a eficácia de Soares a saltar à vista em mais um triunfo azul-e-branco no campeonato. Perante o último colocado da Primeira Liga mas que vinha de quatro jogos sem perder para todas as provas, Conceição recuperou o 4-4-2 mas teve de fazer reajustes, face as lesões de Maxi Pereira e Danilo. Pepe manteve-se no onze, depois de estrear na vitória em Matosinhos para a Taça, relegando assim Militão para lateral direita, a posição que o brasileiro fazia no São Paulo.

Os primeiros minutos mostraram um Desportivo de Chaves com capacidade para travar os campeões nacionais. Não era de estranhar que o primeiro remate enquadrado do FC Porto só tivesse surgido aos 23 minutos. Tiago Martins montou uma equipa com todos os jogadores a defender no seu meio-campo, atrás da linha da bola, defesa subida e linhas muito juntas. O espaço para atacar, que o FC Porto tanto gosta, escasseava, pelo que era preciso arranjar argumentos para derrubar esta muralha erguida para lá do Marão.

Foi aí que apareceu Soares, sempre nos momentos e sítios certos. Ao segundo remate do FC Porto, fez golo, a meio do primeiro tempo. A terminar o primeiro tempo, marcou o 2-0, em novo desvio na pequena área, novamente a passe de Marega. O 3-0 também é dele, também na pequena área, agora a passe de Corona, num lance em que Herrera trabalhou bem com o seu colega de seleção. Bruno Gallo ainda deu alguma esperança ao reduzir aos 76 mas, aos 87, uma infelicidade de Nuno André Coelho, pressionado por Fernando Andrade, fechou o resultado.

Tal como na época passada, o FC Porto volta a marcar quatro golos em Chaves, mas agora a sofrer um. O 'dragão' mantém a liderança da prova, com 46 pontos, mais cinco que o segundo colocado, o Benfica. Na próxima terça-feira defronta o Benfica nas meias-finais da Taça da Liga, num jogo onde Conceição ainda não sabe se terá Filipe, jogador substituído no decorrer do jogo, com queixas.

O 12.º golo de Soares esta época coloca o brasileiro como melhor marcador do FC Porto na Liga, com oito golos. Foi também o sétimo golo ao Desportivo de Chaves, a equipa que mais golos sofre de Tiquinho Soares.

Momento-chave: Bi-Tiquinho e a 'porta' arrombada

Quando Tiquinho Soares fez o 2-0 aos 44 minutos, o Desportivo de Chaves teve a noção que muito dificilmente iria evitar a derrota, perante uma equipa a atravessar uma grande fase e que vinha de 18 vitórias nos últimos 19 jogos. Marcado à beira do intervalo, o 2-0 deixou os flavienses sem reação.

Os Melhores: Três Tiquinhos e um Luther à solta

Tiquinho Soares fez por merecer o prémio de Homem do Jogo. Fez o seu primeiro hat-trick com a camisola do FC Porto e primeiro na Liga Portuguesa e levou a bola de jogo. Esteve sempre no sítio certo e mostrou alta eficácia. Chegou aos oito golos na Liga, onde é o melhor marcador dos 'dragões'.
Luther Sing foi dos poucos a 'remar contra a maré' nos flavienses. Obrigou Casillas a duas grandes defesas e deu muito trabalho aos defensores do FC Porto.

Os Piores: pedia-se mais ao Chaves no ataque e um Nuno Coelho mais assertivo

O Desportivo de Chaves até entrou bem no encontro, obrigando Casillas a duas grandes defesas. Mas a equipa de Tiago Fernandes criou perigo quase sempre através do jogo exterior, em remates de fora da área. A peder por 2-0, esperava-se mais atrevimento flaviense mas a equipa raramente incomodou Casillas.

Nuno André Coelho teve uma noite difícil. Deixou Soares escapar nos dois primeiros golos e ainda teve a infelicidade de marcar na própria baliza.

Reações: Conceição feliz, Tiago Fernandes resignado

Sérgio Conceição: "Fizemos uma exibição quase perfeita"

Tiquinho Soares garante que FC Porto encara todos os jogos "como finais"

Costinha: "Os erros pagam-se caros contra estas grandes equipas"

Tiago Fernandes justifica goleada: "Fomos surpreendidos"

VÍDEO: Veja o resumo do jogo

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.