O Benfica empatou esta noite por 2-2 frente ao Belenenses SAD no Estádio da Luz. Depois de uma primeira parte sem golos, os encarnados passaram para a frente do marcador com golos de Jonas e Samaris, mas em dois minutos os 'azuis' empataram a partida por Diogo Viana e Kikas.

Com este empate, o Benfica divide a liderança do campeonato nacional com o FC Porto, ambos com 60 pontos.

O jogo: Muito ataque e pouca eficácia de um lado, uma 'barreira' de outro

O Benfica somou o segundo jogo consecutivo sem vencer em todas as competições, este resultante do excesso de confiança de dois jogadores da equipa, que primeiro se adiantou no marcador aos 55 minutos, por Jonas, vantagem dilatada aos 63, por Samaris.

Sem o lesionado Seferovic, o previsível substituto do melhor marcador do Benfica na temporada, com 19 golos, foi o brasileiro Jonas, que voltou a constar entre as escolhas iniciais mais de dois meses depois e que fez o gosto ao pé ao marcar o primeiro tento da partida.

Do lado dos 'azuis', o onze apresentado foi uma cópia do que tem dado resultados e garantias ao longo do ano, num esquema de três centrais, dois laterais ofensivos e dois atacantes mais moveis, à frente de uma linha composta por três médios.

O Benfica esteve sempre por cima do jogo na primeira parte, somou mais ataques e remates, mas faltou a finalização e a profundidade no último terço do campo. As tentativas 'encarnadas' esbarravam na 'barreira' defensiva do Belenenses SAD, até que Jonas 'furou' a baliza.

Já os 'azuis' continuavam em busca da igualdade e quase sempre pelo lado esquerdo dos 'encarnados', que esteve a cargo de Grimaldo. No entanto, o segundo golo do Benfica apareceu por Samaris e os 'encarnados' pensavam ter os três pontos na mão, mas estavam enganados.

Os homens de Silas acabaram por beneficiar de dois erros 'encarnados' num espaço de dois minutos. O primeiro tento surgiu de um erro do guarda-redes Vlachodimos que confiou na trajetória da bola, deixando-a entrar, após um livre de Diogo Viana. O segundo surgiu de um erro de Rúben Dias que, com um mau atraso para o guardião, permitiu a Kikas finalizar.

Os melhores: O novo 'mestre' e o lateral do costume

O destaque da noite foi para Florentino Luís, que com muita confiança foi o 'mestre' nas recuperações de bolas e nos passes eficazes. Com 19 ações defensivas, o jovem de 19 anos conseguiu ainda fazer dez recuperações de bola e um drible eficaz. Também André Almeida foi uma peça fundamental no jogo encarnado. O lateral-direito fez quatro passes para finalização, um deles traduziu-se em golo, somou ainda dois dribles, três duelos aéreos defensivos e cinco ações defensivas.

Os piores: Um guarda-redes com excesso de confiança e um médio com a cabeça 'na lua'

Em destaque, mas pela negativa, teve Odysseas Vlachodimos. O guarda-redes que habituou os encarnados à segurança, deu esta segunda-feira 'um tiro no pé' com um erro que deu origem ao primeiro golo dos 'azuis'. Contas feitas, o grego sofreu mais (2) do que defendeu (1). Do outro lado foi Eduardo a ter uma noite para esquecer. O médio fez cinco faltas, sofreu dois desarmes, consentiu dois dribles e conseguiu ainda ser expulso.

As reações:

Bruno Lage: "Acabámos por oferecer o empate"

Bruno Lage: "A questão aqui foi jogar contra uma linha de cinco, mas fizemos um bom jogo e merecíamos outro resultado"

Silas: "Nós sabiamos que vínhamos aqui sofrer"

Tiago Teixeira: "Fomos felizes a conquistar o empate"

André Almeida: "Belenenses soube defender bem"

Gonçalo Silva e o empate na Luz: "Depois de estar a perder por 2-0, sabe ainda melhor"


Confira o resumo do encontro:

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.