O Benfica venceu o Sporting por 4-2, em jogo da 20.ª jornada da I Liga de futebol, num encontro que dominou quase por completo e que pôs fim a um ciclo de 28 jogos dos 'leões' sem perder em Alvalade para o campeonato. Um golo de Bruno Fernandes em cima do intervalo ainda deu esperança aos adeptos leoninos após os golos de Seferovic e João Félix, mas um golo de Rúben Dias logo no primeiro minuto da segunda parte reforçou a confiança dos 'encarnados' para a construção de uma vitória categórica por 4-2.

Antes do apito inicial de Artur Soares Dias, a festa nas bancadas de Alvalade era demonstrativa da confiança 'quase cega' dos adeptos leoninos num bom resultado frente ao 'eterno rival'. A equipa de Marcel Keizer até vinha de um mau resultado em Setúbal, mas a recente revalidação da Taça da Liga frente ao FC Porto dava ânimo aos adeptos do Sporting. As equipas subiram então ao relvado ao som da canção 'Welcome to the Jungle', dos norte-americanos Guns n' Roses, e na zona das claques leoninas foi erguida uma 'tarja' gigante com um leão e uma mensagem do primeiro single da banda de Los Angeles dando as 'boas vindas' à selva de Alvalade.

Soccer: Sporting CP vs SL Benfica
Benfica's Haris Seferovic celebrates after scoring a goal against Sporting CP during their Portuguese First League soccer match between Sporting CP and SL Benfica held at Alvalade Stadium, Lisbon, Portugal, 03 February 2019. JOSE GOULAO / LUSA créditos: Lusa

Apesar do bom espectáculo registado nas bancadas, a equipa do Benfica não se intimidou e, aos quatro minutos, Grimaldo criou o primeiro lance de golo. O lateral arrancou pelo flanco esquerdo, foi até à linha de fundo e assistiu Seferovic, que só não inaugurou o marcador porque Coates cedeu canto. Parecia um prenúncio do 1-0 para o Benfica, que chegaria mesmo aos 11' minutos, com os mesmos protagonistas: Gabriel abriu na esquerda para Grimaldo, o espanhol cruzou certeiro para Seferovic. A dupla de centrais do Sporting 'ficou a dormir' e permitiu ao avançado suíço ter todo o espaço para fazer o 1-0.

Com o controlo total do meio-campo adversário, o Benfica dominava por completo o Sporting pressionando a saída de bola dos 'leões'. Num desses lances, João Félix com toda a liberdade criou um lance genial que acabaria com a bola no fundo das redes da baliza leonina. Contudo, Artur Soares Dias consultou o VAR, viu as imagens, e marcou falta do avançado 'encarnado' no início do lance.

Com o 'leão' ainda a recompor-se do primeiro golpe, as 'águias' ampliaram a vantagem ao minuto 36, por João Félix. Seferovic viu a desmarcação do 79 do Benfica e meteu a bola na frente do jovem português, que com facilidade bateu Renan para o 2-0.

Sporting CP vs SL Benfica
Wendel e João Félix tentam ganhar a bola. EPA/MANUEL DE ALMEIDA créditos: Lusa

O Sporting estava apático nesta altura do jogo, mas com segundo golo das 'águias' os 'leões' acabaram por esboçar uma reação à passagem do minuto 43 e reduziram para 2-1, por intermédio de Bruno Fernandes. Num lance em que apanhou a defesa do Benfica em contrapé, após um mau passe de Samaris, Nani viu Bruno Fernandes desmarcado no flanco oposto e o médio rematou de primeira, forte, sem hipótese de defesa para Vlachodimos.

Sporting CP vs SL Benfica
Bruno Fernandes celebra o golo marcado. JOSE GOULAO / LUSA créditos: Lusa

No segundo tempo, Marcel Keizer deixou Nani nos balneários e apostou na entrada de Diaby, mas logo no primeiro minuto o Benfica fez o 3-1 na sequência de um pontapé livre convertido por Pizzi no lado direito do ataque. Rúben Dias saltou mais alto do que toda a gente e de cabeça colocou a bola ao ângulo, fazendo o seu primeiro golo na presente edição do campeonato.

Sporting CP vs SL Benfica
Rúben Dias celebra o golo marcado. EPA/JOSE GOULAO créditos: Lusa

A vencer por 3-1 na casa do 'rival', o Benfica aproveitou os espaços concedidos pelo adversário para fazer transições rápidas e criar lances de perigo. Aos 56 minutos, Seferovic comemorou o 'bis' em Alvalade, mas o lance foi invalidado por fora de jogo, depois de uma jogada exemplar de contra-ataque das 'águias'.

De bola parada, o Sporting esteve perto de reduzir aos 62' minutos num livre exemplar de Raphina, mas o remate do extremo leonino levou a bola a raspar um dos postes da baliza de Vlachodimos. A equipa de Marcel Keizer sentia muitas dificuldades para travar as movimentações dos 'encarnados' e Pizzi aumentou o marcador para 4-1 aos 73' minutos, na conversão de uma grande penalidade, por falta sobre João Félix.

O domínio dos 'visitantes' era total e com um Sporting completamente abatido o Benfica aproveitava para em cada lance fazer soar os alarmes. Aos 76' minutos, depois de Seferovic atirar ao poste, João Félix falhou um golo feito. O jovem avançado do Benfica surgiu na área com a baliza aberta e Renan no chão mas rematou para as bancadas.

Aos 79' minutos, Diaby ainda fez o 4-2 para o Sporting, mas mais uma vez o VAR atuou e cancelou a festa dos adeptos leoninos, o que levou a que muitos abandonassem mais cedo as bancadas de Alvalade. Aos 89' minutos, depois de muito tempo de espera e indecisão de Artur Soares Dias ao consultar o VAR, o Sporting beneficiou de uma grande penalidade. Vlachodimos recebeu ordem de expulsão por derrubar Bas Dost, e o holandês colocou o resultado final em 4-2 ao bater o recém-entrado Svilar.

Sporting CP vs SL Benfica
Jogadores do Benfica agradecem o apoio dos adeptos durante a partida. JOSE GOULAO / LUSA créditos: Lusa

Com esta vitória, o Benfica elevou para sete o número de jogos sem perder na casa dos 'leões' e igualou, com 32 vitórias, o número de triunfos do Sporting nos jogos para o campeonato em Alvalade. Em relação às contas para o campeonato, com este resultado o Benfica segurou o segundo lugar, com 47 pontos, a três do FC Porto, que empatou 0-0 em casa do Vitória de Guimarães enquanto que o Sporting segue no quarto lugar, a 11 pontos do líder FC Porto, a oito do Benfica, segundo posicionado, e a sete do Sporting de Braga, terceiro.

Momento do jogo

Golo de Rúben Dias aos 46' minutos

Depois de uma primeira parte de sentido único que permitiu ao Benfica chegar a uma vantagem de dois golos, o Sporting reduzir perto do intervalo por Bruno Fernandes e relançou as 'esperanças' leoninas numa reviravolta no segundo tempo. No entanto, o Benfica fez o 3-1 no primeiro minuto da segunda parte e de um rude golpe nas aspirações do Sporting em chegar à igualdade.

Os melhores

Rúben Dias

O defesa central do Benfica foi imperial no dérbi da 2ª Circular com um golo, três desarmes, três duelos aéreos defensivos ganhos em sete, oito recuperações de posse de bola e dois dribles completos em três (de acordo com os dados estatísticos da GoalPoint).

João Félix

O jovem avançado do Benfica voltou a assinar uma grande exibição frente ao Sporting ao marcar um golo e ser decisivo no lance que dá origem à grande penalidade convertida depois por Pizzi. Com liberdade para jogar, João Félix foi uma autêntica dor de cabeça para os centrais do Sporting.

Seferovic

O avançado suíço abriu o marcador do 'dérbi' e assumiu-se como uma das peças fundamentais na estratégia de Bruno Lage para conquistar os três pontos em Alvalade. Para além disso, o 'gigante' helvético fez a assistência para o 2-0 de João Félix e atirou uma bola ao ferro.

Bruno Fernandes

O médio do Sporting foi o jogador mais inconformado na equipa de Marcel Keizer. Fez o 2-1 em cima do intervalo e relançou as expectativas para a segunda parte de um jogo totalmente dominado pelo adversário. Para além de recuperar bolas a meio-campo, Bruno Fernandes foi quem mais trabalhou para procurar linhas de passe que permitissem aos 'leões' ter mais profundidade de jogo.

Reações

Marcel Keizer: "Não estou a pensar nas contas do título"

O treinador do Sporting lamentou a derrota em Alvalade com o Benfica por 4-2 e assumiu que neste momento não está a pensar nas contas para o primeiro lugar do campeonato.

Bruno Lage: "Os adeptos precisam de uma equipa que joque assim"

O treinador do Benfica elogiou a exibição da sua equipa em Alvalade após o triunfo por 4-2 sobre o Sporting.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.