O FC Porto isolou-se hoje na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer por 3-2 no estádio do Sporting de Braga, virando o resultado no jogo da 27.ª jornada com dois golos de grande penalidade.

No final do encontro, devido à expulsão de Abel Ferreira, o adjunto do treinador do Sporting de Braga analisou o jogo.

Quanto à expulsão do técnico, João Martins disse que aconteceu "porque o árbitro veio dizer que não havia bolas e a bola demorou três segundos a chegar. São picuinhas em certas coisas e com os ‘pormaiores’ não se preocupam eles. Vir ao nosso banco de propósito porque a bola demorou três segundos, é ser picuinha demais".

"Dentro de campo, a equipa não sentiu a ausência do Abel, sentem é outras coisas. Mas não vale a pena estar a falar disso", referiu ainda.

Com este resultado, o Braga manteve-se no terceiro lugar, com 58, mas poderá ser apanhado pelo Sporting ainda nesta ronda, caso a equipa lisboeta vença também hoje no estádio do Desportivo de Chaves (17.º e penúltimo).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.