O Sporting vai entrar na segunda volta da I Liga 19/20 no quarto posto, a uns distantes 19 pontos do líder, o Benfica. Os 'leões' parecem caminhar inevitavelmente para mais uma época sem festejar a conquista do título de campeão nacional de futebol, igualando assim a maior 'seca' de sempre entre os 'grandes'.

O conjunto leonino esteve 17 anos sem ganhar, entre 1982/83 e 1998/99, sagrando-se depois campeão em 1999/2000 e 2001/02. Porém, depois disso, entraram em novo ciclo negativo, que já dura há 17 épocas e está prestes a chegar às 18.

No final da época 2019/20, a menos que consiga o verdadeiro milagre de recuperar a desvantagem que leva para os três clubes que seguem à sua frente na classificação, o Sporting vai igualar o recorde negativo do FC Porto no que toca ao número de épocas consecutivas sem festejar o título de campeão nacional de futebol entre os chamados '3 grandes'. Os 'dragões' estiveram 'a seco' entre 1959/60 a 1976/77, período no qual não venceram qualquer campeonato, tratando-se do mais prolongado 'jejum' de títulos entre os três maiores clubes portugueses.

Desde 2002/03, o melhor que o Sporting obteve foram somou seis segundos lugares. Ficou por oito vezes em terceiro, por duas em quarto e por uma vez em sétimo, em 2012/13, naquela que foi a pior classificação de sempre da história do clube 'verde e branco'. Nessa época, após 17 jornadas (de um campeonato com 30 rondas), os 'leões' seguiam no nono posto, a 26 pontos de FC Porto e Benfica, que repartiam a liderança.

Na presente temporada, a 19 pontos do Benfica e a 12 do FC Porto, o Sporting parece condenado a lutar por um lugar na Liga Europa. À sua frente, porém, está também a 'sensação' Famalicão, que ocupa para já o terceiro posto. Na peugada da turma de Alvalade surgem, depois, o Sporting de Braga (quinto classificado, com menos dois pontos) e Vitória de Guimarães e Rio Ave (que partilham o sexto posto, a quatro pontos da turma orientada por Silas).

Durante este ciclo de épocas de insucesso na I Liga o Sporting conseguiu por duas vezes chegar à última jornada com hipóteses de se sagrar campeão: em 2006/07 e 2015/16. Antes, em 2004/05, sob as ordens de José Peseiro, o Sporting estava na liderança a dois jogos do fim, mas ficou fora da corrida na penúltima ronda, ao perder por 1-0 com o Benfica, na Luz.

As cinco maiores 'secas' dos três 'grandes'

1. FC Porto: 18 épocas (de 1959/60 a 1976/77)

2. Sporting: 17 ( por duas vezes, de 1982/83 a 1998/99 e desde 2002/03)

4. FC Porto: 15 (de 1940/41 a 1954/55)

5. Benfica: 10 (de 1994/95 a 2003/04)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.