O Tottenham sofreu para levar de vencida o Everton, em jogo da 33.ª jornada da Premier League.

No Tottenham Hotspur Stadium, Mourinho viu a sua equipa adiantar-se no marcador aos 24 minutos, num desvio infeliz do central Michael Keane, após remate de Lo Celso. O tiro do argentino bateu no defesa central dos 'toffies' e traiu Pickford.

Na primeira parte, a equipa de José Mourinho criou vários lances de perigo, num jogo onde se viu melhorias em relação à última jornada, quando a equipa perdeu por 3-1 com o Sheffield United.

Giovani Lo Celso, Kane e Lucas Moura assustaram o guarda-redes do Everton, com remates perigosos mas sem a devida pontaria.

No segundo tempo o Everton, treinado por Carlo Ancelotti, reagiu e tentou o empate mas sem sucesso. Os 'toffies' apostavam nos lances de bola parada mas a defensiva londrina estava imbatível pelo ar.

André Gomes foi titular no Everton mas fez um jogo discreito. Viu amarelo aos 87 minutos.

O jogo ficou marcado por um incidente entre dois pupilos de Mourinho, com o guarda-redes Lloris e o avançado Son a discutir fortemente e a terem de ser separados por colegas de equipa, quanto todos se encaminhavam para os balneários, ao intervalo.

O francês protestava com algo e o sul-coreano não se deixou ficar, pelo que valeu a intervenção de vários companheiros para evitar situação mais complicada numa época pesadelo para o Tottenham.

O Tottenham chega aos 48 pontos, igualando o Sheffield United no 8.º posto, fica a um do Arsenal mas já longe do 4.º lugar, último que dá acesso a Liga dos Campeões. Essa posição é do Chelsea, que soma 57 pontos. Já o Everton mantém-se no 11.º posto com 44 pontos.

Na próxima jornada o Tottenham joga fora com o Bournemouth, o Everton recebe o Southampton.

O Liverpool já celebrou o título de campeão que lhe fugia há 30 anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.