Wayne Rooney foi condenado a 100 dias de trabalho comunitário depois de ter sido detido nos arredores de Liverpool a conduzir sobre o efeito do álcool. A sentença do jogador do Everton foi conhecida esta segunda-feira e, para além da centena de dias de castigo, implica também uma proibição de conduzir durante dois anos.

De acordo com a imprensa inglesa, o antigo jogador do Manchester United já comentou a decisão por parte do juiz ao dizer que aceita o castigo e que pretende mudar a forma como se tem comportado.

Recorde-se de que o internacional inglês foi apanhado pela polícia de Liverpool a conduzir com excesso de álcool no sangue e com uma modelo que não era sua esposa no lugar do ‘pendura’. As ações do avançado colocaram em causa tanto o casamento como a vida profissional visto que pode ser castigado pelo clube.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.