O Manchester City anunciou esta quarta-feira a renovação de contrato com o internacional português Bernardo Silva até 2025, mas não revelou os valores envolvidos na operação.

Recorde-se que o clube inglês pagou em 2017 cerca de 40 milhões de euros ao AS Monaco pelo passe do médio ofensivo formado no Benfica. No AS Monaco de Leonardo Jardim, Bernardo Silva foi determinante na conquista da liga francesa em 2016/2017.

Por mais do que uma vez, Pep Guardiola elogiou publicamente as características únicas de Bernardo Silva, chegando mesmo ao ponto de dizer que o internacional português será uma das peças-chave do Manchester City do futuro.

Em Inglaterra, Bernardo Silva já disputou um total de 93 jogos ao serviço do Manchester City, tendo marcado 18 golos. Ao nível de títulos, Bernardo Silva já conquistou um campeonato inglês, duas taças da Liga e uma Supertaça.

“É uma honra renovar o contrato com o Manchester City. Este clube oferece tudo o que um jogador necessita para ter sucesso e não há outro lugar onde eu queira estar”, afirmou Bernardo Silva, em declarações reproduzidas no site do emblema inglês.

Assim que soube do interesse do City em renovar-lhe o contrato, Bernardo Silva não teve quaisquer dúvidas: “Assim que soube, decidi imediatamente. Adoro este clube, o treinador, os jogadores e os adeptos. O estilo de futebol que jogamos é muito excitante e estou determinado a conquistar mais troféus.”

O internacional português, que na terça-feira contribuiu com um tento para a goleada (7-0) dos ‘citizens’ sobre o Schalke 04, na Liga dos Campeões, mereceu elogios do diretor para o futebol do City, Txiki Begiristain.

“O Bernardo tem um talento excecional, portanto foi uma decisão fácil oferecer-lhe um novo contrato e assegurar que ele passará os melhores anos da sua carreira connosco. A capacidade de trabalho, profissionalismo e qualidade técnica dele impressionaram-nos. Sob o comando de Pep [Guardiola] e do restante ‘staff’, acreditamos que ele será um dos melhores jogadores do mundo nos próximos anos”, transmitiu o antigo futebolista espanhol.

Bernardo Silva, que em diversas ocasiões foi elogiado pelo treinador Pep Guardiola, fez toda a formação no Benfica, saindo dos ‘encarnados’ em 2014 para representar o Mónaco, no qual foi orientado por Leonardo Jardim.

Ao fim de três épocas nos monegascos, o jogador rumou ao Manchester City, em 2017, e, desde então, tornou-se num elemento crucial dos ‘citizens’, participando em 93 partidas (53 em 2017/18 e 40 na atual temporada) e anotando 18 golos (nove em cada).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.