O Wolverhampton foi, esta terça-feira, derrotado pelo lanterna vermelha Huddersfield Town, com um golo ao cair do pano. No final do encontro, Nuno Espírito Santo foi confrontado com as dificuldades dos 'wolves' frente a equipas teoricamente mais fracas e admitiu não saber a solução para esse problema.

"Se eu soubesse a resposta a essa pergunta... É muito difícil de explicar. Preparamo-nos bem, fazemos as mesmas coisas, a motivação está lá, mas às vezes as coisas simplesmente não funcionam", referiu, acrescentando que para os 'wolves' "não há diferenças entre os adversários, tentamos abordar todos os jogos da mesma forma. Por isso é complicado encontrar uma resposta".

Com Rui Patrício, João Mourinho, Diogo Jota e Rúben Neves no onze e com Helder Costa como suplente utilizado (entrou para o lugar de Raul Jimenez), o 'Wolves' acabou derrotado no terreno do Huddersfield Town.

O único golo da partida foi apontado por Steve Mounie ao minuto 90.

Com este resultado, o Wolverhampton manteve os 40 pontos e caiu para o 8.º lugar, com os mesmos pontos do Watford. Já o Huddersfield Town manteve o último lugar, somando apenas 11 pontos.

A equipa de Nuno Espírito Santo não perdia desde 14 de janeiro, quando defrontou o Manchester City em jogo a contar para a 22º jornada da liga inglesa. Os 'citizens' venceram os 'wolves' por 3-0.

Das últimas cinco equipas da tabela classificativa, o Wolverhampton só conseguiu derrotar o Southampton, por 2-0, em setembro do ano passado. A equipa de Nuno Espírito Santo empatou com o Fulham e saiu derrotado frente a Cardiff, Brighton, Fulham e Huddersfield.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.