José Mourinho, novo técnico do Tottenham, terá o seu batismo no clube londrino este sábado contra o West Ham do treinador chileno Manuel Pellegrini, que o substituiu no Real Madrid em 2010.

Este clássico de Londres colocará frente-a-frente dois técnicos que não sã propriamente amigos e que já protagonizaram vários confrontos verbais, primeiro em Espanha, quando o português estava no Real Madrid e o chileno treinava o Málaga, e depois nos duelos entre Chelsea e Manchester City.

Mas a principal preocupação de Mourinho, nomeado técnico do Tottenham após a demissão do argentino Mauricio Pochettino esta semana, será tirar o clube da preocupante 14.ª posição da Premier League.

"Não posso pensar em chegar e mudar as coisas em dois ou quatro dias", disse, na quinta-feira, José Mourinho.

O português tem perfil de trabalho bastante diferente de Pochettino, com gosto por treinos intensos e disciplina extrema fora dos relvados. Mas sem o jogo ambicioso e ofensivo implementado pelo argentino no Tottenham nos últimos cinco anos, uma longevidade desconhecida por Mourinho.

A verdade é que apenas um critério será usado para definir o sucesso ou o fracasso de Mourinho: ganhar ou não um grande título com um clube que não sabe o que é isso há 28 anos.

"Não vamos ganhar a Premier League este ano, mas poderemos, e não digo que vamos, fazer isso no próximo", frisou na quinta-feira em conferência de imprensa.

Assumir uma equipa no meio da temporada também não é novidade para o português, uma vez que o tinha feito em 2002, com o FC Porto.

Mourinho, fã de concentrações de pré-temporada e de criar laços fortes com os seus jogadores mais carismáticos, terá desta vez que se adaptar a um grupo que não escolheu. Uma verdadeira prova de fogo.

Pellegrini também não estará muito preocupado com a velha rivalidade com Mourinho e tentará vencer a partida para tirar o West Ham do incómodo 16.º lugar, perigosamente perto da zona de descida de divisão.

O Liverpool, líder invicto da Premier League, visita o Crystal Palace (12.º) com a intenção de continuar a sua marcha vitoriosa, embora a partida de maior destaque da ronda seja o duelo entre Manchester City e Chelsea, quarto e terceiro colocados, respectivamente, separados por um ponto.

O Leicester, surpreendente segundo classificado da Premier League, empatado em pontos com o Chelsea (3.º) e a oito do Liverpool, visita o Brighton (11.º) com a intenção de seguir na zona de apuramento para a Liga dos Campeões.

Jogos da 13.ª ronda da Liga Inglesa:

- Sábado:

West Ham - Tottenham

Brighton - Leicester

AFC Bournemouth - Wolverhampton

Everton - Norwich City

Arsenal - Southampton

Watford - Burnley

Crystal Palace - Liverpool

Manchester City - Chelsea

- Domingo:

Sheffield United - Manchester United
- Segunda-feira:

Aston Villa - Newcastle

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.