O guarda-redes francês do Tottenham Hugo Lloris foi operado ao cotovelo esquerdo, que deslocou e fraturou em 05 de outubro, e o seu regresso aos treinos deverá acontecer no início de 2020, anunciou hoje o clube inglês.

“Depois da realização de novos testes clínicos e exames, Hugo Lloris foi operado ao cotovelo esquerdo”, refere o Tottenham, em comunicado publicado no seu sítio na Internet.

O guarda-redes, de 32 anos, caiu mal no lance que originou o primeiro golo da derrota por 3-0 frente ao Brighton e a intervenção cirúrgica foi aconselhada após especialistas terem descoberto que o cotovelo permanecia instável.

Lloris é o capitão do Tottenham, clube que representa desde 2012, e da seleção francesa, pela qual se sagrou campeão mundial em 2018, na Rússia, e vice-campeão europeu em 2016, em França, título conquistado por Portugal.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.