Ao contrário da temporada transata, a época 2019/20 tem sido mais discreta para Bernardo Silva e Pep Guardiola admite que pode ser um dos culpados.

"É verdade que ele não jogou tanto esta época. Talvez seja culpa minha ou então tem a ver com o nível do Phil [Foden] e do Riyah [Mahrez]. E os outros jogadores também estiveram bem. Eles sabem que têm de competir pelo lugar, mas a minha admiração, o meu respeito e a minha opinião sobre o Bernardo Silva não mudaram. Ele é um jogador especial para mim, um dos mais especiais que já treinei", explicou o treinador do Manchester City em conferência de imprensa.

"Ele não muda a forma de estar por jogar ou não. Há jogadores que ficam felizes quando jogam e que se comportam como crianças quando ficam de fora. O Bernardo é o oposto. É um homem maduro. Foi sempre a mesma pessoa. Por isso é que ele é uma pessoa incrível, estarei sempre agradecido por trabalhar com ele. Quero ajudá-lo a estar no melhor nível. Se há jogador que quero ajudar, esse jogador é o Bernardo", elogiou.

Esta temporada, Bernardo Silva participou em 47 jogos, tendo somado um total de sete golos e dez assistências.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.