Depois de se sagrar campeão inglês na primeira época ao serviço do Manchester City, Ederson traçou agora um novo objetivo: apontar um golo até ao final da temporada.

Em declarações ao portal UOL, o guarda-redes brasileiro admitiu que ficou com vontade de marcar a grande penalidade falhada por Gabriel Jesus – e emendada por Bernardo Silva – na partida contra o Swansea. Os adeptos dos 'citizens' chegaram mesmo a entoar o nome do ex-Benfica.

"Ouvi-os a cantarem o meu nome, a pedirem-me para bater o penálti, mas o Gabriel foi lá. Infelizmente, ele falhou, mas o Bernardo, felizmente, marcou. Se o treinador [Guardiola] me tivesse pedido para ir lá, eu teria marcado de certeza", referiu Ederson.

"Não tenho a certeza se seria capaz de bater livres, mas sou bom nos penáltis, seja a usar a força ou a técnica a rematar. O City tem os seus regulares marcadores de grandes penalidades e temos boas opções. Mas, se o Pep me pedir para bater, eu vou lá. Espero que isso aconteça, gostava de marcar", acrescentou.

Ederson não escondeu a satisfação pela conquista do título inglês na época de estreia com a camisola do City.

“É uma felicidade enorme, porque sempre sonhei jogar na Premier League e tive a oportunidade de realizar esse desejo este ano. Cheguei com um peso, porque a minha contratação foi muito cara e houve muitas dúvidas por parte de alguns jornais de Inglaterra. Ainda bem que pude mostrar o meu valor”, afirmou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.