O Chelsea vai poder voltar a contratar jogadores a partir de janeiro, depois de ter visto reduzido o castigo que lhe tinha sido aplicado pela FIFA em Fevereiro.

O resultado do recurso apresentado pelos 'Blues' ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) foi conhecido na manhã desta sexta-feira.

“O Chelsea está proibido de registar novos jogadores (...) durante uma janela de recrutamento, que o clube já cumpriu durante a janela de transferências do verão de 2019”, refere, em comunicado, o TAS.

A formação londrina tinha, em Fevereiro último, sido castigada pela FIFA com a proibição de contratar jogadores nas duas janelas de transferências seguintes por violação das regras na aquisição de jovens futebolistas, tendo quebrado 29 vezes a norma relativa à contratação de jogadores com idade inferior a 18 anos.

O Tribunal Arbitral do Desporto reduziu, agora, a sanção a apenas uma janela de transferências, que já foi cumprida no verão, aplicando ao clube uma multa de 300 mil francos suíços (273 mil euros).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.