Depois de ser alvo de insultos racistas e ameaças de morte na sequência do penálti falhado frente ao Wolverhampton, Paul Pogba volta a estar na mira dos adeptos do Manchester United.

Uma placa colocada nas imediações do centro de treinos dos 'red devils', em Carrington, foi vandalizada na madrugada desta quarta-feira, com uma mensagem a exigir a saída do médio francês.

"Pogba fora", refere a mensagem, escrita a tinta vermelha.

Os insultos racistas a Pogba, e, mais recentemente, ao colega Marcus Rashford, levaram o jogador a escrever uma mensagem emotiva nas redes sociais.

"Os meus antepassados e os meus pais sofreram para que a minha geração tivesse hoje liberdade para trabalhar, apanhar um autocarro, jogar futebol. Os insultos racistas são ignorância e só podem tornar-me mais forte e motivar-me para lutar mais pela próxima geração", desabafou o médio nas redes sociais.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.