O ex-presidente da FIFA Joseph Blatter assinalou que o Mundial2018 de futebol não deverá ser utilizado como “cobaia”, em referência à possível introdução do sistema de vídeoárbitro na fase final do torneio.

“Não se pode utilizar [o sistema de vídeoárbitro] no Mundial como cobaia de uma intervenção tão profunda no desenvolvimento do jogo”, sustentou o suíço, em entrevista publicada hoje na revista alemã SportBild.

Para Blatter, que está a cumprir uma suspensão de seis anos de toda a atividade relacionada com o futebol devido a conduta antiética, seria “um erro utilizar o sistema na Rússia, porque não está suficientemente desenvolvido e é utilizado de forma díspar em vários países”.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.