Um empate é suficiente para a selecção nigeriana de futebol carimbar o passe para os oitavos-de-final do Mundial 2018, que decorre na Rússia, mas para tal será necessário uma nova inspiração do avançado Musa, autor dos dois golos na vitória frente à Islândia, para ultrapassar hoje, às 19h00, a Argentina, que precisa obrigatoriamente vencer para passar à próxima fase.

A contar para a última jornada da fase de grupos, Nigéria e Argentina vão jogar o tudo ou nada, sabendo que apenas uma das equipas pode seguir em frente.

O representante africano é segundo do grupo D, com três pontos, contra um dos sul-americanos, surpreendentemente últimos colocados.

Se uma igualdade garante a próxima fase para as Super Águias, já os Albicelestes, mesmo ganhando, ainda vão depender do desfecho do Croácia-Islândia. Os islandeses também estão na corrida pelo segundo lugar  deste grupo. Os croatas já têm presença confirmada nos oitavos.

Na antevisão deste desafio decisivo, Musa recordou que cada vez que joga contra a Argentina, ou sempre que defrontou Messi, marcou. “Há quatro anos, no Brasil, contra Messi, marquei dois golos. Quando, pelo Leicester, joguei contra o Barcelona e o Messi também estava em campo, marquei mais dois golos. Por isso, acho que vou marcar mais dois golos”, avisou o nigeriano.

O dia de hoje reserva ainda os jogos do grupo C: Austrália-Peru e Dinamarca-França. Os franceses, já classificados, lideram com seis pontos. Em segundo estão os dinamarqueses, com quatro. Austrália vem a seguir com um, e o Peru ocupa a última posição, sem pontuar.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.