Roberto Moreno foi confirmado como novo treinador do Mónaco. Os monegascos vão na quarta mudança de treinadores em pouco mais de um ano. De acordo com as contas do jornal 'L'Equipe', os monegascos gastaram 26 milhões de euros em indemnizações aos treinadores nesse espaço temporal.

O primeiro foi Leonardo Jardim. O técnico português foi demitido em outubro de 2018 e levou oito milhões de euros em indemnização. A mesma quantidade que voltará a receber agora, depois de ontem ter acertado a rescisão do seu contrato com o Mónaco, devido aos maus resultados.

O técnico voltou no final da época passada, salvou a equipa de descer de divisão mas os resultados não estavam a sair esta temporada, depois de um forte investimento no plantel.

Jardim tinha regressado ao Mónaco para substituir Thierry Henry. O francês não conseguiu os resultados que se esperava a direção do Mónaco teve de prescindir dos seus serviços, pagando-lhe 10 milhões de euros em indemnização, de acordo com o 'L'Équipe'.

Com a entrada de Roberto Moreno, o Mónaco vai no terceiro treinador em 2019.

Robert Moreno tem contrato válido até junho de 2020, e irá iniciar o seu trabalho ainda esta semana.

Já Leonardo Jardim deixa o Mónaco no 7.º lugar da Liga Francesa com 28 pontos em 18 jogos, já a 10 do Marselha, segundo colocado e a 17 do líder PSG.. A equipa monegasca já foi eliminada da Taça da Liga pelo Lille, depois de ter afastado o Marselha, de André-Villas Boas.

O técnico de 45 anos tinha voltado ao Mónaco há quase um ano, em substituição de Thierry Henry. A 25 de janeiro de 2018, os monegascos assinalaram o regresso do técnico madeirense, tendo celebrado contrato até junho de 2021. Thierry Henry tinha substituído Jardim em outubro de 2018.

O treinador português abandonou o comando técnico do Mónaco no dia 11 de outubro de 2018, na sequência da derrota caseira com o Rennes (2-1), que manteve a formação do Principado em zona de despromoção.

Após levar o Mónaco ao pódio da liga francesa durante quatro temporadas consecutivas, o português não resistiu aos maus resultados do início da época 2018/2019, no qual venceu apenas um dos 12 encontros oficiais disputados, ocupando o 18.º e antepenúltimo lugar do campeonato.

O antigo internacional francês Thierry Henry foi o sucessor de Jardim, mas, nos 20 jogos oficiais em que liderou a equipa, apenas conquistou quatro vitórias, duas das quais no campeonato, em que o Mónaco ocupa o 19.º e penúltimo posto, com 15 pontos.

Nas quatro temporadas ao serviço dos monegascos, Leonardo Jardim conquistou uma liga francesa, em 2016/17, época em que também conduziu o clube às meias-finais da Liga dos Campeões.

Antes de chegar ao clube do Principado, Leonardo Jardim tinha treinado, entre outros, o Sporting de Braga, o Olympiacos, da Grécia, e o Sporting.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.