O Marselha revelou hoje que ofereceu a André Villas-Boas uma proposta de renovação de contrato por duas temporadas, com mais uma de opção, e garantiu que tem “toda a confiança” no treinador português de futebol.

“Na segunda-feira, dia 18, no final do dia, o clube enviou a André Villas-Boas uma proposta de renovação de contrato por dois anos (2021/22 e 2022/23) com um ano opcional (2023/24), se garantir a qualificação para a Liga dos Campeões”, explicou o Marselha, em comunicado.

O clube acrescentou que foi obrigado a “restaurar as realidades dos factos” devido às “informações falsas” que foram divulgadas pela imprensa francesa.

De acordo com os jornais gauleses, Villas-Boas estaria de saída do Marselha devido à proposta de contrato de apenas um ano que tinha recebido e pela demissão do espanhol Andoni Zubizarreta, que era o diretor desportivo.

“Esta proposta demonstra toda a confiança do clube nas qualidades técnicas de André Villas-Boas, com o qual o Marselha deseja escrever uma página decisiva na sua história moderna”, frisou o clube.

O Marselha revelou ainda que, já antes da proposta de renovação, o presidente Jacques-Henri Eyraud e Villas-Boas estiveram reunidos e que o português confirmou a sua intenção que continuar no emblema francês.

Villas-Boas, de 42 anos, chegou esta temporada ao Marselha e levou o clube ao segundo lugar da liga, numa época que acabou de uma forma prematura devido à pandemia da covid-19.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.