O Lyon recebeu e bateu hoje o Nice por 2-1, ascendendo provisoriamente ao quinto lugar do campeonato francês de futebol, num encontro em que jogou cerca de uma hora com apenas dez jogadores devido à expulsão de Marçal.

A formação da casa, que contou com o guarda-redes internacional português Anthony Lopes a titular, entrou bem na partida e adiantou-se aos dez minutos, graças a um remate cruzado rasteiro de Jeff Reine-Adelaide, à entrada da área.

Aos 28, foi a vez de Moussa Dembélé anotar o segundo tento, através da conversão de um penálti, e o Lyon - adversário do Benfica na Liga dos Campeões -, parecia ter o caminho aberto para conseguir uma vitória folgada nesta 14.ª jornada da Ligue 1.

Porém, uma entrada imprudente de Marçal, que passou pelo Benfica, aos 34 minutos, sobre um adversário valeu-lhe um cartão vermelho direto e complicou a vida para a formação orientada por Rudi Garcia.

O Nice passou a controlar as operações e adivinhava-se o seu golo, que surgiu apenas aos 78 minutos, com o avançado dinamarquês Kasper Dolberg a surgir a concluir na área depois de um bom cruzamento do francês Patrick Burner.

Aos 86, Burner foi expulso por acumulação de amarelos e o marcador não mexeu mais até ao final do encontro, mantendo-se nos 2-1.

Com esta vitória, o Lyon sobe provisoriamente ao quinto lugar com 19 pontos em 14 jogos, mas há cinco equipas (Saint-Étienne, Nantes, Montpellier, Rennes e Bordéus) com os mesmos 19 pontos que ainda vão disputar o encontro relativo a esta jornada. O Lille, também tem 19 pontos, tendo já disputado a 14.ª jornada, na qual foi derrotado pelo líder Paris Saint-Germain.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.