O presidente do Lille, Gerard Lopez, revelou em declarações ao L’ Équipe que o clube recebeu e rejeitou uma proposta acima dos 70 milhões de euros por Renato Sanches. O dirigente garantiu que não pretende abrir mão do internacional português.

"Tivemos uma proposta de um valor superior a 70 milhões de euros pelo Renato Sanches e recusámos. Posso garantir que ele não vai sair! O projeto desportivo é o nosso prinvipal foco e queremos continuar a desenvolvê-lo", sublinhou Gerard Lopez.

A proposta por Renato Sanches não terá sido a única oferta avultada que o Lille recebeu nos últimos tempos pelos seus jogadores. "Tivemos propostas por jogadores do Lille que totalizam 200 milhões de euros, mas não as vamos aceitar. Na Liga Francesa, quantas equipas se podem dar ao luxo de rejeitar uma proposta de 70 milhões de euros, sem ser o PSG?", apontou o dirigente máximo do clube.

Renato Sanches, que se encontra neste momento a recuperar de uma infeção com COVID-19 e que chegou ao Lille no início da temporada, depois de uma passagem menos conseguida pelo Bayern Munique, reapareceu ao seu melhor nível na Ligue 1 até à suspensão da prova devido ao novo coronavírus. Em 19 jogos, assinou três golos e foi por várias vezes eleito para a Equipa da Jornada daquela competição.

O Lille terminou a Ligue 1 - concluída de forma prematura, sem a competição fosse reatada - na quarta posição e vai disputar a Liga Europa na próxima época, depois de em 2019/20 ter estado na Liga dos Campeões.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.