Lille e Olympique de Lyon empataram hoje 2-2 no estádio Groupama, em Lyon, o que quase garante à equipa visitante o segundo lugar na Liga francesa de futebol, a três jornadas do final.

A formação de Rafael Leão, José Fonte e Rui Fonte atinge os 69 pontos, enquanto que o Lyon, do guarda-redes Anthony Lopes soma 63. Está no terceiro lugar, com mais um ponto do que o Saint-Étienne, que hoje ganhou no Mónaco, deixando a equipa de Leonardo Jardim em má posição.

Dos portugueses do Lille, só José Fonte foi titular, enquanto que Rafael Leão foi utilizado nos últimos 20 minutos e Rui Fonte nos últimos 10. Xeka continua fora das contas do treinador, por lesão.

Terrier adiantou o Lyon, aos 11 minutos, mas depois o Lille operou a reviravolta, com os golos de Remy (50) e Soumaré (68). Dubois restabeleceu o empate, aos 74.

Quanto ao Mónaco, complicou um pouco a sua situação, ao perder no principado com o Saint-Étienne, por 3-2, ficando apenas três pontos acima da linha de despromoção.

A equipa treinada por Leonardo Jardim aumentou para seis a sequência de jogos sem ganhar e tem já o antepenúltimo, o Caen, à distância de três pontos. Se ‘escorregar’ mais um lugar, terá de ir ao ‘play-off’ de subida e descida.

Três portugueses alinharam pela formação monegasca, Rony Lopes, Adrien Silva e Gelson Martins, destacando-se este, que marcou aos 18 minutos e assistiu aos 90+2 para o golo do brasileiro Carlos.

Dois golos da equipa da casa que não chegaram para nada, já que o Saint-Étienne, atual quarto da prova, respondeu com três, finalizados por Ballo (autogolo aos 59), Cabella (71) e Nordin (80).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.