O Mónaco, de Leonardo Jardim, empatou (1-1) hoje no terreno do Guingamp, num encontro da 31.ª jornada da liga francesa de futebol em que a formação do técnico português fugiu à derrota nos descontos.

Aos 90+3 minutos, depois de um ‘festival’ de oportunidades falhadas, o avançado montenegrino Jovetic salvou o Mónaco do desaire na casa do novo último classificado da prova e manteve a equipa de Leonardo Jardim sete pontos acima da zona de despromoção, no 16.º lugar.

Adrien Silva, Gelson Martins e Rony Lopes foram titulares no Mónaco, enquanto Rebocho entrou de início no Guingamp e fez a assistência no golo da sua equipa, aos 23 minutos, marcado pelo camaronês Eboa.

O Dijon protagonizou a surpresa da ronda, ao vencer por 3-1 no campo do Lyon, terceiro classificado, e perdeu o estatuto de lanterna-vermelha da competição.

Com Anthony Lopes na baliza, o Lyon chegou à vantagem logo no primeiro minuto, por Terrier, mas o Dijon deu a volta ainda antes dos 10 minutos, aos cinco e sete, com um ‘bis’ do avançado Said. Um autogolo de Rafael, aos 65, confirmou o surpreendente triunfo dos forasteiros.

A derrota do Lyon deixa o Lille com a possibilidade de reforçar o segundo lugar e ficar com sete pontos de vantagem, caso vença no domingo no terreno do Reims.

Mais perto do terceiro lugar ficou o Saint-Etienne, embora tivesse tido a possibilidade de reduzir ainda mais a diferença. Os ‘Verts’ empataram a dois golos no campo do Amiens e colocaram-se a seis pontos do Lyon, na quarta posição.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.