A Federação Francesa de Futebol (FFF) confirmou esta sexta-feira que as duas finais de futebol do país, Taça de França e Taça da Liga francesa, vão ser jogadas em julho e disse esperar que os espetadores possam vir a ocupar 30 por cento da lotação do Stade de France.

"A final da Taça de França vai ser disputada a 24 de julho e a Taça da Liga francesa a 31," esclareceu o presidente do organismo, Noel Le Graet, durante a Assembleia Geral da FFF.

A final da Taça de França, a ser jogada entre Paris Saint-Germain e Saint-Etienne, será assim o primeiro jogo oficial de futebol profissional a ser disputado em solo gaulês desde a paragem ditada pela pandemia de COVID-19, tendo a Ligue 1 sido dada como conluída sem ser retomada e com o PSG a ser coroado campeão.

O conjunto parisiense irá também estar na final da Taça da Liga francesa, ante o Lyon. O governo francês colocou, entretanto um limite máximo de 5000 espetadores para os estádios, autorizados a reabrir a partir de 11 de julho, mas Le Graet disse contar com mais gente no Stade de France, que tem capacidade para 81 mil espetadores.

"Cinco mil pessoas no Stade de France é, na verdade, muito pouco. Adoraria ver até 30 por cento do estádio preenchido, mas não vou levantar nenhum problema se tal não for possível", disse Le Graet em declarações à imprensa francesa.

A ministra do desporto do país, Roxana Maracineanu, deu entretanto a entender que o presidente da FFF poderia mesmo vir a ver o seu desejo concretizado, dependendo da evolução do vírus em França.

"Para já, mantemos o limite de 5000 pessoas, não só para eventos desportivos mas para outros eventos culturais, mas a questão será revista a 11 de julho. Aí veremos o que acontece, de acordo com a curva epidémica em França", explicou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.