O internacional luso-francês do Lyon, Anthony Lopes, não é convocado para a seleção nacional desde o final do Mundial 2018 e explicou porque não tem sido chamado por Fernando Santos para os jogos da Liga das Nações.

Em declarações ao portal oficial do Lyon, o experiente guardião luso-francês revelou que teve uma conversa com Fernando Santos em que explicou ao selecionador nacional que nesta fase da temporada queria estar mais concentrado no clube e na família.

"Tive uma longa conversa com o selecionador nacional de Portugal [Fernando Santos] e sei para onde quero ir. Quero estar um pouco mais concentrado no Lyon e na minha família", começou por referir o atleta.

Em relação à polémica do jogo com o Marselha da época passada em que Anthony Lopes agrediu um membro da equipa técnica do adversário, o guarda-redes luso-francês assumiu que errou e que está a trabalhar para compensar a sua atitude.

"Coloquei a minha família e o clube em perigo. Tive um momento muito complicado. Desapontei as pessoas e a mim mesmo. Após o jogo de Marselha na temporada passada [em que agrediu um membro da equipa técnica adversária], estava na Seleção e foi complicado. Disse a mim mesmo que tinha que assentar e ser o homem que sou fora do campo. Estou muito calmo. Tive uma grande falha, mas agora sou eu quem acalma os outros", frisou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.