O médio internacional russo Aleksandr Golovin, de 22 anos, assinou pelo Mónaco até 2023, proveniente do CSKA Moscovo, anunciou hoje o clube de futebol francês, orientado pelo português Leonardo Jardim.

Golovin, que esteve no Mundial2018 a representar a anfitriã Rússia, seleção que foi eliminada nos quartos de final da competição nas grandes penalidades frente à vice-campeã do Mundo Croácia, assinou um acordo válido por cinco anos com os monegascos, até junho de 2023, depois de quatro temporadas na equipa principal do atual vice-campeão russo.

"Estamos muito felizes com a chegada de Aleksandr Golovin ao Mónaco. Ele é um talentoso jovem jogador, que se destacou durante o Campeonato do Mundo, mas já o acompanhamos há muito tempo. Apesar da concorrência de grandes clubes europeus, Aleksandr escolheu o projeto desportivo do Mónaco, que lhe oferecerá as melhores condições para continuar a sua evolução", lê-se no comunicado publicado pelo clube, na sua página oficial na internet.

Golovin, que conta com 23 internacionalizações pela ‘sbornaya’, iniciou a carreira no CSKA Moscovo, clube no qual venceu um campeonato russo na temporada 2015/16. O atleta conta também com um Campeonato do Mundo da categoria sub-17, conquistado em 2013 à Itália, nas grandes penalidades.

Com a chegada de Jean-Eudes Aholou, proveniente do Estrasburgo, este é já o segundo médio contratado pela equipa do ex-treinador do Sporting Leonardo Jardim desde a saída do internacional português João Moutinho, que assinou pelo Wolverhampton.

O jogador vai agora atuar ao lado do português Rony Lopes e do colombiano ex-‘dragão’ Radamel Falcão.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.