A eliminação do Paris Saint-Germain da Liga dos Campeões frente ao Manchester United trouxe uma onda de contestação para o clube da capital parisiense.

Na manhã de domingo, os comandados de Thomas Tuchel regressaram aos treinos depois de três dias de folga, mas a sessão de trabalho não foi fácil. Os responsáveis da equipa parisiense decidiram, à última hora, mudar o local do treino de domingo para o Parque dos Príncipes, mas nem isso afastou a ira dos adeptos.

Segundo a imprensa francesa, várias centenas de adeptos conseguiram entrar dentro do estádio com os bilhetes de época e fizeram ouvir o descontentamento. A equipa foi recebida no relvado com um coro de assobios e de petardos, e muitas críticas à mistura. "É dia de acertar contas" foi a frase mais ouvida.

De acordo com a mesma fonte, os capitães Marquinhos e Thiago Silva pediram um microfone para pedir desculpa aos adeptos, mas acabaram por ser silenciados pelo coro de críticas e assobios vindos das bancadas.

Recorde-se que o Paris Saint-Germain foi eliminado da Liga dos Campeões pelo Manchester United. Os campeões franceses traziam uma vantagem de 2-0, conquistada em Old Trafford, mas acabaram por ser derrotados em casa por 1-3.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.