Declarações de Valerien Ismael, treinador do LASK, à Sport TV, depois da derrota da sua equipa frente ao Sporting por 2-1.

Análise ao jogo: "Encostámos o Sporting às cordas, fomos corajosos. Tivemos muitas oportunidades, tivemos um fio condutor, mas já se sabe o valor do Bruno Fernandes, o porquê do valor de mercado dele. Em cinco minutos deram a volta ao jogo. Pagámos a fatura. Foi ele que salvou a equipa. Não conseguimos marcar nas oportunidades de que dispusemos. De resto, correu tudo como planeámos. Podíamos ter feito 2-0 ou 3-0 e ir descansados para casa."

Derrota difícil: "Somos uma pequena equipa austríaca e viemos a Lisboa encostar o Sporting às cordas... tem um sabor amargo, esta derrota. O Sporting tem jogadores que podem marcar a diferença e foi o que aconteceu. Estou desiludido por não ter conseguido ganhar, mas não estou desiludido pelo desempenho, que foi bom. Os meus rapazes... o que deixaram em campo foi extraordinário. Às vezes ganha-se e outras perde-se. Queremos dar o salto, haveremos de quebrar a malapata".

O Sporting conseguiu, esta quinta-feira, o primeiro triunfo no Grupo D da Liga Europa em futebol, ao vencer por 2-1, depois de estar a perder, na receção aos austríacos do LASK, em encontro da segunda jornada.

Após o desaire por 3-2 no reduto do PSV Eindhoven, os ‘leões’ estiveram em desvantagem, por culpa de um tento de Marco Raguz, aos 16 minutos, mas deram a volta, por intermédio do brasileiro Luiz Phellype, aos 58, e de Bruno Fernandes, aos 63.

Com este triunfo, na estreia europeia de Silas, o conjunto ‘leonino’ é segundo do agrupamento, com os mesmos três pontos do Lask, terceiro, enquanto o PSV venceu por 4-1 no reduto do Rosenborg e lidera, com o pleno de seis pontos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.