Depois de uma boa exibição e de uma vitória por 3-1 em Alvalade, o Sporting visita o terreno do Istanbul Basaksehir esta quinta-feira (17h55) à procura de dar o passo que falta rumo aos 'oitavos' de final da Liga Europa.

O Sporting quer que o melhor momento da época continue em terras turcas e somar o quinto jogo sem perder em todas as competições, já o Basaksehir quer dar a volta à eliminatória em casa e atirar os 'leões' para fora da Liga Europa.

Histórico

O histórico entre Sporting e Basaksehir é relativamente fácil de explicar, na verdade, bastam duas linhas, uma vez que o único encontro entre as duas equipas foi... na semana passada.

Em Alvalade, no passado dia 20, o Sporting venceu os turcos por 3-1, com golos de Coates, Sporar e Vietto, com Visca a reduzir na segunda parte através de penalti.

Mas se olharmos para o histórico das visitas 'leoninas' à Turquia, a coisa muda de figura: em três partidas em casa de equipas turcas o Sporting não soma qualquer vitória, mas também não soma derrotas.

Três jogos, três empates. O primeiro em 1993, contra o Kocaelispor, na primeira mão da primeira ronda da antiga Taça UEFA registou-se um nulo entre as duas equipas (na segunda mão o Sporting venceu em casa por 2-0).

Em 2003, os 'verdes-e-brancos' visitaram o Gençlerbirligi, em Ankara, empatando a uma bola, Liedson aos 50' e Cihan aos 55' foram os marcadores da partida que contava para a primeira mão da segunda ronda da Taça UEFA. Na segunda mão, os 'leões' perderam em Alvalade por 0-3.

A visita mais recente à Turquia data de 2015, quando o Besiktas fez parte do mesmo grupo que o Sporting na Liga Europa. Na segunda jornada, em visita a Istambul, Sporting e Besiktas empataram a uma bola, com Bryan Ruiz a marcar aos 16' para a equipa de Alvalade e Gökhan Töre a empatar a partida aos 61 minutos.

Por outro lado, o Basaksehir tem um registo 100% vitorioso em casa frente equipas portuguesas tendo vencido na única ocasião que recebeu 'visitas' portuguesas em casa.

Em 2017, o SC Braga saiu derrotado da visita a Istanbul por 2-1, em encontro a contar para o grupo C da Liga Europa. Contudo, quem sorriu foram os minhotos que passaram o grupo em 1.º lugar, enquanto que os turcos ficaram pelo caminho, no 3.º lugar.

Guia de forma

Desde o encontro da passada quinta-feira, Sporting e Basaksehir realizaram um jogo cada, para as respetivas ligas nacionais.

O Sporting recebeu e venceu o Boavista por 2-0, com golos de Sporar (segundo jogo consecutivo a marcar) e Plata ainda na primeira parte.

Já o Basaksehir, visitou o terreno do Caykur Rizespor, na 23.ª jornada da Liga Turca, com a vitória a surgir apenas aos 90 minutos graças a Skrtel, já depois de Visca ter convertido uma grande penalidade a favor dos visitantes aos 43'e do Rizespor ter empatado a partida aos 60 minutos.

Depois de duas partidas consecutivas fora, o Basaksehir regressa a casa, sitio onde não perde desde o final de novembro.

A 27 de novembro, a equipa de Istambul foi derrotada pela Roma, de Paulo Fonseca, por 0-3, em jogo a contar para a fase de grupos da Liga Europa.

Desde então, a equipa treinada por Okan Buruk soma oito jogos em casa sem perder - dois empates e seis vitórias - um ponto de alerta para o 'leão' esta quinta-feira.

O que dizem os treinadores

Em declarações à Sporting TV, Jorge Silas afirmou estar à espera de um Basaksehir com um sistema diferente e com outros jogadores.

"Pensamos que eles vão apresentar um sistema diferente, com jogadores que não tiveram aqui. O Robinho, por exemplo já fez alguns minutos ontem. Vão estar diferentes do primeiro jogo. Nós partimos com vantagem, o que os obriga a exporem-se mais, mas sobretudo porque o sistema vai ser diferente. (...) Acho que vão apresentar-se em 4x3x3 e nós estamos preparados para isso. Temos de tentar marcar. Vamos criar várias ocasiões. É importante chegar lá e tentar fazer um golo", considerou.

Silas revelou ainda que irá fazer mexidas no onze, de forma a gerir o plantel, na visita ao estádio Fatih Terim.

"Vários jogadores que jogaram provavelmente não vão estar neste jogo, mas depois podem estar com o Famalicão. São muitos jogos com muitas viagens pelo meio, com um desgaste grande, mas temos jogadores que nos dão garantias. Provavelmente vamos mudar agora e depois teremos de mudar outra vez alguns jogadores", afirmou.

Okan Buruk, treinador do Basksehir, mostrou-se confiante na vitória do Basaksehir e na reviravolta da eliminatória, reafirmando o que já tinha dito depois do jogo em Alvalade: o Sporting jogou melhor do que esperava.

“Vamos disputar um jogo muito importante. O primeiro jogo não teve o resultado que esperávamos, o Sporting jogou melhor do que nos jogos anteriores e por isso ganharam sem dificuldades", afirmou.

O técnico destacou também o golo marcado por Visca em Alvalade que “deu alguma esperança para conseguir a qualificação”.

Na conferência de antevisão à partida, Emanuel Ferro, adjunto de Silas - o técnico do Sporting não tem autorização para realizar conferências da UEFA - afirmou que marcar é fundamental para condicionar a estratégia do Basaksehir.

“Estamos aqui para marcar golos e assim condicionar a estratégia do Basaksehir. (...) Procuramos antecipar quais as alterações que os turcos vão fazer em relação ao jogo da primeira mão e qual a sua estratégia para este e estar preparados para dar uma resposta às dificuldades que nos vão criar”

Emanuel Ferro revelou ainda a possibilidade de realizar alterações no onze titular em relação ao jogo em Alvalade na passada quinta-feira devido à fadiga acumulada pelo período de partidas consecutivas dos 'leões'.

“A fadiga acumulada não pode afetar a capacidade de resposta da equipa, que tem de manter o foco e estar sempre competitiva em todos os jogos, seja no campeonato, seja na Liga Europa”, disse.

Ficha de Jogo

Basaksehir - Sporting
Estádio Fatih Terim, Istambul, Turquia
Capacidade: 17.300 pessoas

Encontros anteriores
Sporting 3-1 Basaksehir (20/2/2020)

Equipa de Arbitragem
Arbitro Principal: Antonio Mateu Lahoz (Espanha)
Assistentes: Pau Cebrián Devís (ESP) e Roberto del Palomar (ESP)
Quarto árbitro: José Munuera Montero (ESP)
VAR: Alejandro Hernández (ESP)
A-VAR: Iñigo Prieto (ESP)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.