O clima de tensão entre claques e direção do Sporting conheceu mais um episódio no final da tarde de quinta-feira, na partida com o İstanbul Başakşehir. Tudo começou ainda antes do encontro começar, no momento da entrada dos adeptos para o estádio.

Na revista de que todos os adeptos são alvo à entrada para o recinto, os que entraram para o topo sul pela porta normalmente destinada aos membros das claques foram - segundo alguns relatos - instados pelos seguranças que levam a cabo essa revista a descalçarem-se. É normal que estas revistas sejam mais minuciosas nos encontros das provas europeias e em jogos organizados pela UEFA, mas a 'inspeção' não costuma ser tão profunda. Os adeptos leoninos 'inundaram' as redes sociais com críticas ao sucedido.

Já nas bancadas, os adeptos que se sentaram na zona das claques aproveitaram para, depois, enviar mais uma bicada ao atual presidente do Sporting, Frederico Varandas. Voltaram a tirar os sapatos - como alguns tinham sido interpelados a fazer à entrada - levantaram-nos bem alto e gritaram "E ó Varandas, tira os sapatos!". Dos restantes setores dos estádios veio uma assobiadela reprovadora que abafou o protesto, como tem de resto acontecido nos últimos jogos em Alvalade sempre que das claques vêm insultos dirigidos ao presidente do clube.

A situação mereceu até já menção nos órgãos de comunicação estrangeiros, com o jornal espanhol 'AS' a noticiar o sucedido num artigo intitulado 'Se queres ver o Sporting tens de tirar os sapatos'.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.