Portugal tem uma excelente oportunidade para reforçar o sexto lugar do ‘ranking’ da UEFA, posição em que vai terminar a época 2019/20, face à presença de quatro equipas nos 16 avos de final da Liga Europa de futebol.

Benfica, que ‘tombou’ da Liga dos Campeões, e FC Porto, Sporting e Sporting de Braga, que ultrapassaram a fase de grupos da Liga Europa, são os representantes lusos, que já não vão ter a concorrência da Rússia, sétima classificada do ‘ranking’.

Os russos começaram a época no sexto posto - que vale duas entradas diretas e uma vaga na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões -, mas foram ultrapassados por Portugal e estão impossibilitados de recuperar, pois as suas seis equipas que começaram a época europeia foram todos eliminadas.

Com quatro equipas a pontuar, o futebol luso tem, assim, uma excelente ocasião para se afastar da Rússia, numa altura em que a diferença já é de 3,300 pontos – 48,849 contra 45,549 nas últimas cinco épocas, depois dos 9,700 contra 4,666 em 2019/20.

Portugal pode distanciar-se da Rússia e também aproximar-se dos franceses, dos quais está à frente na presente temporada: é quinto em 2019/20, enquanto os gauleses são oitavos, com 8,500 pontos.

A França, que ainda tem em prova Paris Saint-Germain e Lyon, ambos na Liga dos Campeões, já não poderá perder o quinto posto, no ‘ranking’ a cinco anos, até ao final da época, pois ainda tem uma vantagem confortável sobre Portugal – 56,082 contra 48,449.

Nos oitavos da ‘Champions’, o PSG vai medir forças com os alemães do Borussia Dortmund e o Lyon, um dos ‘carrascos’ do Benfica na fase de grupos, com os italianos da Juventus.

Por seu lado, nos 16 avos de final da Liga Europa, o Benfica defronta os ucranianos do Shakhtar Donetsk, o FC Porto os alemães do Bayer Leverkusen, o Sporting os turcos do Basaksehir e o Sporting de Braga os escoceses do Rangers.

Todos os pontos somados (dois por vitória e um por empate) pelas equipas lusas são divididos por cinco (0,4 por vitória e 0,2 por empate), o número de equipas portuguesas que arrancaram para a época 2019/20.

Em 2020/21 (sétimo lugar entre 2014/15 a 2018/19), Portugal terá, como em 2018/19, uma entrada direta e uma equipa na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, mais três na Liga Europa (uma na fase de grupos, uma na terceira pré-eliminatória e outra na segunda), e, para 2021/22 (sexto entre 2015/16 e 2019/20), já recuperou uma segunda entrada direta na ‘Champions’.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.