O português Luís Castro, treinador do Shakhtar Donetsk, afirmou esta terça-feira, na Mealhada, que a sua equipa espera realizar uma "boa prova" na Liga Europa de futebol, depois do afastamento da Liga dos Campeões.

A formação ucraniana vai defrontar em fevereiro o Benfica nos 16 avos da Liga Europa, com partidas agendadas para 20 (Ucrânia) e 27 de fevereiro (Lisboa), numa disputa que o técnico português considera de Liga dos Campeões.

"É um jogo de ‘Champions’ quando se enfrentam os terceiros classificados da fase de qualificação e encaramo-lo como tal", sublinhou Luís Castro, que falava aos jornalistas no final da apresentação do projeto "Atitude Agora", desenvolvido pelo município da Mealhada, do qual é padrinho.

O ex-técnico do Vitória de Guimarães disse que "não tem de gostar ou deixar de gostar" da equipa que o sorteio da Liga Europa lhe colocou pela frente, referindo que se "fosse o Inter ou Genk" era a mesma coisa e que a equipa "tem de se preparar bem".

"Temos agora um mês de férias, devido à paragem do campeonato da Ucrânia, e depois um mês de pré-época, sendo o primeiro jogo para a Liga Europa e iremos encará-lo com responsabilidade", frisou.

Salientando que não tem acompanhado o campeonato português, Luís Castro disse que depois das férias se vai "envolver muito no conhecimento do Benfica e das suas dinâmicas ofensivas, defensivas, transições e esquemas táticos".

O Shakhtar Donetsk lidera o campeonato ucraniano sem derrotas - 16 vitórias e dois empates - com 14 pontos de avanço sobre o Lokomotiv de Kieve, segundo classificado.

O projeto Atitude Agora, apadrinhado por Luís Castro, pretende usar o desporto como incentivo à criação de projetos de vida saudáveis, dirigindo-se às crianças das famílias carenciadas, à comunidade em geral e também aos idosos.

"É um projeto virado para o apoio social, para proporcionar de forma transversal, a toda a gente, a prática de desporto, mesmo àqueles que não têm capacidade financeira para o fazer e isso deixa-me feliz, porque entendo que o desporto é uma alavanca boa para que as pessoas se sintam mais felizes no seu dia-a-dia", sublinhou o técnico português.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.