O Manchester United foi esta quinta-feira ao terreno do Lask Linz vencer por 5-0 em partida da primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa. Num jogo disputado sem adeptos no estádio - e naturalmente, sem a emoção que estes transmitem a uma partida de futebol - a superioridade do conjunto inglês foi patente e ficou vincada por dois belos golos.

Titular, Bruno Fernandes encontrou um adversário com o qual já tinha medido forças - e a quem até tinha marcado - na fase de grupos, ainda com a camisola do Sporting - e voltou a dar muitas dores de cabeça à turma austríaca, embora tenha, desta feita, ficado em branco, tendo sido substituído à entrada para o quarto de hora final.

Assistência de Bruno Fernandes e golaço de Idhalo

O United controlou por completo os primeiros 45 minutos e o primeiro lance de real perigo surgiu aos 24 minutos, com o jovem Daniel James a ganhar espaço e a rematar para boa defesa do guarda-redes adversário. Um primeiro aviso para o iria acontecer logo a seguir.

Aos 28 minutos, Bruno Fernandes levantou a bola meia altura na direção do outro reforço de Inverno do United, Ighalo, e este, com três pequenos toques e sem deixar cair o esférico, ajeitou para um remate fulminante, de pé esquerdo, com o qual inaugurou o marcador.

Até ao final do primeiro tempo , United continuou a mandar no jogo, sem que o adversário conseguisse reagir, mas não voltou a marcar e o intervalo chegou mesmo com 1-0 no marcador.

LASK entra melhor no segundo tempo, mas é o United que volta a marcar

O segundo tempo começou com a equipa da casa a mostrar vontade de deixar uma imagem diferente daquela que deixou na primeira parte. Mais rápida a trocar a bola, e com o United a relaxar um pouco, o LASK passou mais tempo no meio-campo contrário.

Mas, com isso, ia abrindo espaços na sua defesa e o United aproveitou para chegar ao segundo golo. Em contra-ataque, a bola chegou a James, que conduziu o esférico até perto da grande área contrária, deixou um adversário pelo caminho, ajeito para o pé direito e rematou rasteiro e certeiro para o 2-0.

Bruno Fernandes descansa e o United faz mais três

Os homens da casa continuaram a tentar marcar, pelo menos o tento de honra, chegaram algumas vezes junto da grande área do United com relativo perigo, mas nunca ameaçaram verdadeiramente Romero.

Com o triunfo no bolso, Soljkaer resolveu poupar Bruno Fernandes, fazendo sair o português para entrar Andreas Pereira, mas o United não abrandou. Fred, com um passe fantástico, isolou Mata para o 3-0.

E ainda houve tempo para o jovem Greenwood, que saltou do banco aos 85 minutos, e para Pereira marcarem por duas vezes no período de descontos. Um triunfo claro, por 5-0, que deixa os 'red devils' com pé e meio nos quartos-de-final...quando estes se vierem a realizar. O jogo da segunda mão está, ainda, agendado para a próxima quinta-feira, 19 de março.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.