O Benfica ostenta o pleno de apuramentos nos 16 avos de final da Liga Europa em futebol, em quatro presenças, enquanto o Sporting tem apenas 50% de aproveitamento, em seis.

Entre 2009/10 e 2013/14, os 'encarnados', de Jorge Jesus, disputaram quatro vezes a primeira fase a eliminar e chegaram sempre aos 'oitavos', três face a alemães (Hertha Berlim, Estugarda e Bayer Leverkusen) e depois perante os gregos do PAOK.

Por seu lado, os 'leões' superaram os ingleses do Everton (2009/10), os polacos do Legia (2011/12) e os cazaques do Astana (2017/18), mas 'tombaram' perante os escoceses do Glasgow Rangers (2010/11) e os alemães do Wolfsburgo (2014/15) e do Bayer Leverkusen (2015/16).

Em conjunto, os dois 'grandes' de Lisboa estarão pela terceira vez nesta fase da segunda competição da UEFA, depois de terem coincidido consecutivamente nas épocas 2009/10 (passaram os dois) e 2010/11 (só se qualificaram os 'encarnados').

Sempre sob o comando de Jesus, que esteve na Luz de 2009/10 a 2014/15, o Benfica nunca foi particularmente feliz nos sorteios dos 16 avos de final, mas conseguiu sempre o apuramento e de forma convincente, sem qualquer derrota.

A história dos 'encarnados' nos 16 avos de final da Liga Europa começou com um empate, a um golo, na capital alemã, face ao Hertha, em 2009/10, mas, depois disso, venceram os sete jogos que disputaram nesta fase.

O Benfica bateu consecutivamente Hertha (4-0 em casa), Estugarda (2-1 em casa e 2-0 fora), Bayer Leverkusen (1-0 fora e 2-1 em casa) e PAOK (1-0 fora e 3-0 em casa), para um total de sete vitórias e um empate, com 16 golos marcados e três sofridos.

Nas duas últimas presenças, o conjunto da Luz conseguiu chegar à final, perdendo a primeira (2012/13) para o Chelsea (1-2), por culpa de um golo nos descontos, e a segunda (2013/14) para o Sevilha, nos penáltis (2-4), após 120 minutos sem golos.

Por seu lado, o Sporting também começou muito bem, ao superar o Everton, em 2009/10, época da primeira edição da Liga Europa, que sucedeu à Taça UEFA, graças a um triunfo em casa por claros 3-0, depois de um desaire por 2-1 em Inglaterra.

Na época seguinte, os 'verdes e brancos' começaram bem, com um empate 1-1 em Glasgow, face ao Rangers, mas depois caiu com um 2-2 caseiro, para, em 2011/12, superarem o Legia, com novo 2-2, agora fora, seguido de uma vitória em Alvalade por 1-0.

Ao contrário do Benfica, os 'leões' não se deram nada bem com alemães, sendo consecutivamente afastados por Wolfsburgo (0-2 fora e 0-0 em casa), em 2014/15, e Bayer Leverkusen (0-1 em casa e 1-3 fora), curiosamente com Jesus ao comando, em 2015/16.

Na última presença nos 16 avos de final, na época passada, o Sporting não teve problemas para afastar o Astana, no longínquo Cazaquistão, ao vencer por 3-1 fora na primeira mão, para depois empatar a três golos na receção aos cazaques.

A quinta experiência do Benfica será frente aos turcos do Galatasaray e a sétima do Sporting face aos espanhóis do Villarreal, no que será, em ambos os casos, o primeiro confronto a eliminar entre os dois conjuntos.

Notícia publicada originalmente a 12 de fevereiro às 09h45

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.