Depois da derrota na Alemanha na semana passada, o FC Porto traz o jogo decisivo da eliminatória para o Estádio do Dragão onde irá receber o Bayer Leverkusen.

Os comandados de Sérgio Conceição procuram a reviravolta na eliminatória, com o golo marcado na visita aos germânicos a 'facilitar' a tarefa.

Histórico

O histórico entre as duas equipas é curto... muito curto. Na verdade é apenas um jogo e precisamente o da semana passada, pelo que o 'histórico' não é favorável ao FC Porto.

Contudo, se abrirmos mais o foco vemos que as visitas germânicas, em 13 das 20 visitas ao FC Porto regressaram com uma derrota na bagagem e só por quatro ocasiões regressaram vencedoras.

No encontro mais recente em casa com equipas da Alemanha, os 'azuis-e-brancos' venceram o Schalke por 3-1, em encontro a contar para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

O Schalke é, de resto, a segunda equipa germânica que mais histórico tem com o FC Porto, ficando apenas atrás do Bayern Munique.

A última derrota em casa frente a emblemas alemães data de 2015, na 2.ª mão dos dezasseis-avos da Liga Europa, frente ao Borussia Dortmund. O FC Porto acabou eliminado da prova, com um agregado de 3-0.

A estatística melhora para a equipa portista quando se olha para os jogos do Bayer Leverkusen em Portugal: em oito jogos, os 'farmacêuticos' venceram apenas por duas ocasiões em 1997 (0-2) e em 2016 (0-1) em casa do Sporting.

Guia de forma

FC Porto e Bayer Leverkusen chegam a este encontro com vitórias no bolso nas respetivas Ligas.

O FC Porto bateu o Portimonense em casa por 1-0 e passou uma noite na liderança do campeonato, antes do Benfica vencer em Barcelos e recuperar a vantagem de um ponto na liderança.

O Bayer Leverkusen bateu o Augsburg por 2-0 e segue no quinto lugar da Bundesliga, com os mesmos pontos que o Monchenglabach e a seis do primeiro classificado, o Bayern de Munique.

Nos últimos 10 jogos, o FC Porto soma duas derrotas, um empate e sete vitórias, sendo que as últimas semanas permitiram aos 'dragões' encurtarem uma desvantagem de sete pontos para apenas um face ao líder Benfica.

Já o Leverkusen, nas últimas dez partidas, soma o mesmo número de empates, mas zero empates, ou seja são oito vitórias, as últimas cinco de forma consecutiva, tendo batido inclusive o Borussia Dortmund em casa por 4-3.

O que dizem os treinadores

Na antevisão à partida, Sérgio Conceição relembrou o histórico dos portistas que tão de melhorar o que não foi bem feito na visita à Alemanha.

"Será difícil, mas somos o FC Porto e estamos habituados a estas lides. Não nos surpreendeu o que fez o adversário, mas sim o que nós não fizemos, sobretudo na primeira parte do jogo na Alemanha, onde podíamos ter feito melhor. Mas isso foi trabalhado durante a semana e queremos apresentar um nível alto para podermos vencer o jogo", disse.

O técnico dos 'dragões' revelou ainda ser um fã do campeonato alemã, cujas equipas revelaram o seu poderio na última jornada europeia.

"Sou um admirador do campeonato alemão e das suas equipas. Se olharmos para a última ronda europeia, vemos que todas ganharam. É um campeonato forte, de grande exigência e intensidade. Este Bayer pratica um futebol que penso ser padrão na Alemanha, muito agressivo, intenso, com vontade de recuperar a bola e a limitar as dinâmicas do adversário", explicou.

Já, Peter Bosz, treinador do Leverkusen, que está sem Volland e Alario - ausências "terriveis" nas palavras do técnico -quer sair vencedor do 'Dragão', apesar da vitória na 1.ª mão.

"A nossa estratégia vai ser voltar a ganhar. Não quero saber da posse de bola... Temos 60 ou 70 na Bundesliga, mas o que interessa é o que se faz com a posse. Queremos atacar, ganhar o jogo", afirmou.

Bosz considera que irá defrontar uma equipa que está obrigada a vencer, estando o emblema germânico pronto para o ataque portista.

"Estamos a jogar contra uma equipa que tem de ganhar. Vão ter de atacar, se vão atacar de início, não sei. Pode ser que pressionem desde o início, ou podem guardar-se mais para o final. Não sei. Mas estaremos preparados e iremos jogar o nosso jogo", revelou.

Ficha de jogo

FC Porto - Bayer Leverkusen
Estádio do Dragão, Porto, Portugal
Capacidade: 50.033 espetadores

Encontros anteriores
Bayer Leverkusen 2-1 FC Porto (20/02/2020)

Equipa de Arbitragem
Árbitro principal: István Kovács (Roménia)
Assistentes: Vasile Florin Marinescu (ROU) e Ovidiu Artene (ROU)
4.º árbitro: Marius Avram (ROU)
VAR: Marco Di Bello (Itália)
A-VAR: Ovidiu Haţegan (ROU)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.