Os jogos Sevilha vs AS Roma e Inter Milão vs Getafe, da primeira-mão dos oitavos-de-final da Liga Europa, não terão lugar esta quinta-feira. A decisão foi tomada esta quarta-feira, pela UEFA, após reunião, depois dos restrições de circulação em Itália e Espanha, devido ao surto de Covid-19 que assola os dois países, principalmente Itália.

"Como resultado das restrições de viagem entre Espanha e Itália impostas ontem pelas autoridades espanholas, os seguintes jogos Liga Europa não terão lugar amanhã, 12 de março de 2020, como estava programado: Sevilha-AS Roma e Inter Milão-Getafe", escreveu a UEFA, numa pequena nota publicada no seu site oficial.

O organismo que rege o futebol europeu não adianta mais pormenores sobre possíveis datas e locais.

A AS Roma, treinada pelo português Paulo Fonseca, já tinha avisado que iria falhar a visita de quinta-feira ao Sevilha, em jogo da primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa de futebol, devido à não autorização de voos face ao surto do Covid-19.

"A AS Roma não irá à Espanha para o jogo da Liga Europa frente ao Sevilha, devido à falta de autorização das autoridades locais. Mais detalhes serão dados pela UEFA”, refere o clube italiano numa nota publicada na sua página na internet.

A impossibilidade de viagem dos italianos acontece devido ao facto de o governo espanhol, à semelhança do português, ter vetado os voos de e para Itália, entre 11 e 15 e março, como medida de prevenção em relação ao surto do novo coronavírus.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.200 mortos. Cerca de 117 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 63 mil recuperaram.

Espanha registou até hoje 48 mortos provocados pelo novo coronavírus (+12) e 2.115 pessoas estão infetadas (+420), a maior parte na região de Madrid, segundo a atualização dos números feita pelo Ministério da Saúde espanhol.

Nos últimos dias, a Itália tornou-se o caso mais grave de epidemia fora da China, com 631 mortos e mais de 10.100 contaminados pelo novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.